Julio González

Julio González foi um escultor cubista e expressionista espanhol.

Julio González: mestre da escultura moderna em ferro soldado
Julio González: mestre da escultura moderna em ferro soldado


Quem foi

 

Julio González foi um pintor e, principalmente, escultor espanhol do começo do século XX. É considerado um dos principais escultores do cubismo espanhol. Teve grande destaque na criação de esculturas em ferro soldado, sendo considerado, por muitos historiadores da arte, um dos fundadores da escultura moderna com ferro.

 

Julio González nasceu na cidade de Barcelona (Espanha) em 21 de setembro de 1876. Faleceu na cidade de Arcueil (França) em 27 de março de 1942, aos 66 anos de idade.

 

Características de seu estilo artístico (escultura):

 

- Obras abstratas (esculturas) com ferro forjado soldado, utilizando formas espaciais e lineares.

 

- Recebeu influência de Pablo Picasso.

 

- No final da carreira, passou a se dedicar mais a pintura, enfatizando temáticas militares.

 

Principais obras (esculturas) de Julio González:

 

- Don Quixote (1930)

 

- O beijo (1931)

 

- Os namorados (1932)

 

- Cabeça gritando “O túnel” (1934)

 

- Maternidade (1934)

 

- O sonho (1934)

 

- Mulher com espelho (1934)


- Figura reclinada (1934)

 

- Dor de cabeça (1936)

 

- Torso (1936)

 

- Grande Vênus (1937)

 

- Figura com bolas (1938)

 

- Homem cactos I (1939)

 

- A nativa (1940)

 

- Rosto gritando com a mão grande (1941)

 

Figura Reclinada, obra de Julio Gonzáles

Figura Reclinada (1934), escultura de Julio González.

 

 

 

 



Revisado em 09/09/2020.

 


Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).