Cinturão de Asteroides

O Cinturão de Asteroides é uma região do sistema solar com grande quantidade de asteroides. Saiba mais no artigo a seguir.

Ceres: planeta anão localizado no cinturão de asteroides
Ceres: planeta anão localizado no cinturão de asteroides

 

O que é e localização

 

O Cinturão de Asteroides, também conhecido como Cinturão Principal, é uma área do sistema solar com grande presença de asteroides. Esta área está localizada, aproximadamente, entre os planetas Júpiter e Marte. O planeta anão Ceres também se encontra na região do Cinturão de Asteroides.

 

Classificação dos asteroides

 

Grande parte dos asteroides desta região pode ser classificada em três categorias, de acordo com sua composição material: asteroides carbonáceos (Tipo-C), asteroides metálicos (Tipo-M) e asteroides de silicatos (Tipo-S).

 

Principais corpos celestes presentes no Cinturão dos Asteroides:

 

- 4 Vesta: é o segundo maior asteroide do Sistema Solar. Seu diâmetro médio é de, aproximadamente, 530 km. Em 2012, foi promovido a categoria de protoplaneta. É o asteroide mais brilhante e também o único que pode ser visualizado a olho nu de nosso planeta.

 

- Ceres: é o maior asteroide do Sistema Solar. No ano de 2006 foi elevado a categoria de planeta anão. Foi descoberto em 1801 e possui diâmetro de 952 km. Ceres possui um núcleo composto por rochas, coberto por um manto de gelo.

 

- 2 Palas: com diâmetro de 512 km, é um dos maiores asteroides do Sistema Solar, sendo o segundo maior do cinturão de asteroides. Descoberto em 1802, Palas possui em sua superfície uma espécie de silicato com pouco ferro e água.

 

- 10 Hígia: de superfície escura, este asteroide possui, aproximadamente, 408 km de diâmetro. Possui formato esférico e composição superficial de material carbonáceo primitivo.

 

- 3 Juno: este asteroide possui diâmetro de, aproximadamente, 234 km. Foi descoberto em 1804, sendo composto basicamente por ferro, níquel, silicato de ferro e magnésio.

 

Imagem do Cinturão de Asteróides

Cinturão de Asteroides (em verde) entre as órbitas de Marte (vermelho) e Júpiter (laranja). A órbita do planeta Terra está sinalizada em azul. No centro, encontra-se o Sol.

 

Curiosidades:

 

- Toda massa do cinturão de asteroides corresponde a, aproximadamente, 4% da massa da Lua.

 

- Os asteroides desta região formaram-se no mesmo período de formação do Sistema Solar. Portanto, eles também têm origem na nebulosa protossolar, assim como nosso Sol, a Terra e os outros planetas do sistema solar.


Saiba mais:

 

- Conheça como se originou o Cinturão de Asteroides no website da Fapesp.

 

 


 


atualizado em 05/11/2020