Características da Arquitetura Barroca

Resumo das principais características da arquitetura do período barroco, estética, plantas, principais arquitetos barrocos

Igreja com arquitetura barroca na Itália.
Igreja com arquitetura barroca na Itália.

 


Principais características da arquitetura barroca:

 

- Uso, nas plantas arquitetônicas, de espaços centralizados, formatos ovais e da cruz grega. Estes elementos são utilizados para a obtenção de maior movimento nas estruturas arquitetônicas.


- Fachadas com impressão de movimento. Este efeito era obtido com o uso de corpos com aletas, convexos e côncavos. As linhas retas do Renascimento foram substituídas pelas curvas. Com isso, além do movimento, ocorria a valorização da luz.


- Uso de colunas coríntias como suportes. Uso de arco de meio ponto.


- Ênfase em elementos decorativos variados e exuberantes. Esses elementos se apresentam em liberdade com relação às estruturas arquitetônicas. O foco fica no destacado papel da luz.


- Igrejas com cúpulas muito bem desenvolvidas.



- Uso de forma irregulares nas plantas, no interior e exterior da construção.



- Variedade nos tipos de edifícios. Os arquitetos barrocos projetaram palácios, igrejas, pontes, prédios públicos, entre outros.

 

Principais arquitetos do barroco:


 

- Carlo Rinaldi: arquiteto italiano.


- Carlo Maderno: arquiteto italiano.


- Gian Lorenzo Bernini: escultor e arquiteto italiano.


- Pietro de Cortona: pintor e arquiteto italiano.


- Francesco Borromini: arquiteto italiano.


- Jules Hardouin Mansart: arquiteto francês.


- Jacques Lemercier: arquiteto e engenheiro francês.


- Baltassare Longhena: arquiteto italiano.


- Fischer von Erlach: escultor e arquiteto austríaco.


- Christopher Wren: matemático, astrônomo e arquiteto inglês.

 

 

Última revisão: 10/10/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).