Clarice Lispector

Ela foi um das grandes escritoras do Modernismo na literatura brasileira. Saiba mais sobre sua vida e obra.

Clarice Lispector: uma das principais escritoras da Literatura Brasileira
Clarice Lispector: uma das principais escritoras da Literatura Brasileira

 

Quem foi


Clarice Lispector foi uma escritora de obras literárias, exercendo atividade também como tradutora e jornalista. Ela é uma das principais representantes femininas da literatura brasileira do século XX.



Biografia resumida


- Clarice Lispector recebeu, na verdade, o nome Chaya Pinkhasovna Lispector depois de nascer na Ucrânia em 10 dezembro de 1920. Quando ela ainda era criança, sua família migrou para o Brasil, onde ela se naturalizou anos mais tarde como brasileira.


- A família morou por um tempo em Maceió (AL), depois em Recife (PE) até se estabelecer no Rio de Janeiro (RJ).


- Na juventude Clarice dava aulas particulares de Matemática e Português. Em 1939 iniciou o curso de graduação em Direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ela imaginava que com os conhecimentos obtidos poderia ajudar a reformar as penitenciárias do Brasil.


- Clarice participava de um grupo literário que se reunia no centro do Rio de Janeiro, do qual faziam parte, por exemplo Vinícius de Moraes e Rachel de Queiroz.


- Em 1943, enquanto trabalhava como redatora no jornal A Noite, lança seu primeiro livro: Perto do Coração Selvagem. Esse foi alvo de críticas tanto positivas quanto negativas.


- Casada com um vice-cônsul, Clarice se muda com o marido para Belém, abandonando seu posto de redatora. Passou então a ler autores até então desconhecidos para ela como Virginia Wolf, Marcel Proust e Jean-Paul Sartre.


- Traduziu obras em inglês, francês e espanhol, totalizando 40 títulos.


- Em 1948 nasce o primeiro filho do casal e em 1953 nasce o segundo filho.


- Nas várias residências que estabelece no exterior e se valendo dos conhecimentos que adquire por conhecer personalidades do universo artístico e filosófico, Clarice publica contos em jornais.


- Em 1959 o casamento teve fim e Clarice passou a morar definitivamente com seus filhos no Rio de Janeiro.


- Lançou em 1961 A Maçã no Escuro, que escreveu enquanto ainda morava fora do Brasil, tendo a obra recebido o prêmio de melhor livro do ano.


- Escreveu histórias infantis ao longo de década de 70, além da sua obra que virou filme: A Hora da Estrela.


- Em 1978 ganhou o Prêmio Jabuti com o romance A Hora da Estrela.


- Faleceu em 9 de dezembro de 1977, pouco antes de completar 57 anos, em razão de um câncer de ovário descoberto tardiamente.



Principais características do seu estilo literário


- Modernista, mais especificamente integrante da terceira fase do Modernismo (Geração 1945).


- Uso frequente de metáforas, uma figura de linguagem em que o autor dá um sentido figurado através de comparações.


- Subjetividade, o foco é no inconsciente, apresentando o pensamento de forma livre e desordenada.


- Escreveu novelas, contos, romances, crônicas, literatura infantil e artigos de jornais.



Principais obras de Clarice Lispector:


- Perto do Coração Selvagem (1943) - romance


- O Lustre (1946) - romance


- Laços de Família (1960) - contos


- A Maçã no Escuro (1961) - romance


- A Legião Estrangeira (1964) - contos


- Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres (1969)


- Felicidade Clandestina (1971) - contos


- Água viva (1973) - romance


- A Paixão Segundo G. H. (1964) - romance


- A mulher que matou os peixes (1968) - literatura infantil


- A Hora da Estrela (1977) - novela, romance


- Para não esqucer (1978) - crônica


- A descoberta do mundo (1984) - crônica


- Como nasceram as estrelas (1987) - literatura infantil


Capa do livro A Hora da Estrela de Clarice Lispector

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capa do livro A Hora da Estrela, uma das principais obras de Clarice Lispector.

 

 



________________________________

artigo publicado em 12/07/2020