Economia do Nordeste do Brasil

Características da economia da região Nordeste do Brasil, principais atividades econômicas, PIB

Indústria Nordestina: forte crescimento nos últimos anos
Indústria Nordestina: forte crescimento nos últimos anos



Principais características da economia da região Nordeste do Brasil:



- Expressivo crescimento econômico nos últimos anos, principalmente com a instalação de indústrias. Muitas indústrias deixaram a região Sudeste e se instalaram no Nordeste em busca de benefícios fiscais. No campo industrial, podemos destacar áreas de grande desenvolvimento como, por exemplo, Distrito Industrial de Ilhéus (Bahia), Complexo Industrial de Suape (Pernambuco), Distrito Industrial de Maracanaú (Ceará). Na área de TI (Tecnologia da Informação), podemos citar o Porto Digital do Recife (maior polo tecnológico do país), com grande destaque na produção de softwares.



- Destaque para a produção de petróleo, principalmente no estado do Rio Grande do Norte. A região Nordeste é a segunda maior do Brasil em produção de petróleo. No estado da Bahia está instalado o Polo Petroquímico de Camaçari, um dos mais importantes do país.



- Na pecuária, podemos destacar a criação de cabras. A região Nordeste possui o maior rebanho de cabras do país com cerca de 8 milhões de cabeças.



- Na agricultura, destaca-se a produção de frutas tropicais (manga, abacaxi, caju, banana, acerola, goiaba, etc.) em regiões irrigadas, principalmente nos estados da Bahia e Pernambuco. Há também na região boa produção de mel.



- Outro ponto forte da economia nordestina é a criação e comercialização de camarão, pois a região é favorecida climaticamente para esta atividade.



- O turismo também é uma importante fonte de renda para a região. Milhares de turistas estrangeiros e de outras regiões do Brasil visitam anualmente o Nordeste em busca das lindas praias e paisagens e também do clima quente.



- Em 2007, foi recriada a SUDENE (Superintendência para o Desenvolvimento do Nordeste) com a principal função de financiar atividades produtivas na região.


Outros dados econômicos:



- PIB da região Nordeste: R$ 848,532 bilhões (ano de  2015 - IBGE)


- PIB per capita: R$ 14.777 (2015 - fonte: IBGE)


- Participação no PIB Nacional: 14,2% (2015 - fonte: IBGE)


- Rendimento médio mensal real dos trabalhadores: R$ 1.570 (pessoas de 15 anos ou mais ocupadas) - Pnad 2017 - IBGE

- Índice de Gini: 0,555 (Pnad 2016 - IBGE)


- Taxa de desemprego: 15,8% (no 2º trimestre de 2017 - IBGE)