Economia do Sudeste

Características da economia da região Sudeste do Brasil, principais atividades econômicas, PIB

Indústria do Sudeste: destaque da economia da região
Indústria do Sudeste: destaque da economia da região

 

Principais características da economia do Sudeste


- A região Sudeste possui uma economia diversificada e é a mais rica do país. Cerca de 54% do PIB Nacional (Produto Interno Bruto) é da região Sudeste.



- A região apresenta forte desenvolvimento industrial, destacando-se nas seguintes áreas: produção de automóveis, produtos eletroeletrônicos, máquinas, metalurgia e tecnologia.



- As atividades ligadas ao comércio e prestação de serviços também são fortes na região Sudeste.



- A agricultura mecanizada, nas áreas do interior dos estados de Minas Gerais e São Paulo, se destaca. Os principais gêneros agrícolas produzidos na região são: cana-de-açúcar (produção de álcool e açúcar), café, algodão, milho e laranja.



- A exploração de recursos minerais também é importante na região. Na Bacia de Campos (estado do Rio de Janeiro) destaca-se a exploração de petróleo, assim como a indústria petroquímica. Já em Minas Gerais, na Serra do Espinhaço, há grande atividade exploradora de minério de ferro e manganês.



- O turismo também é muito importante na região. No Rio de Janeiro destaca-se o turismo de lazer. Já em São Paulo, principalmente na capital, o turismo de negócios é o ponto forte.



Dados da economia do Sudeste:



- PIB da região: R$ 3.237,1 trilhões (ano de 2015 - fonte: IBGE)

 

- PIB per capita: R$ 34.757,75 (ano de 2015 - fonte: IBGE)

 

- Participação no PIB Nacional: 54,0% (ano de 2015- fonte: IBGE)

 

- Rendimento médio mensal real dos trabalhadores: R$ 2.526 (pessoas de 15 anos ou mais ocupadas) - Pnad 2017 - IBGE

 

- Índice de Gini: 0,535 (Pnad 2016 - IBGE)

- Taxa de desemprego: 13,6% (no 2º trimestre de 2017 - IBGE)