Economia do Estado de Goiás

Dados econômicos do estado de Goiás, setores da economia, PIB, destaques por setores

Soja: destaque da agricultura de Goiás
Soja: destaque da agricultura de Goiás

 

Introdução

 

O estado Goiás possui a segunda maior economia da região centro-oeste do Brasil, considerando o PIB (Produto Interno Bruto de 2015). O PIB goiano corresponde a cerca de 2,9% do PIB nacional.

 

A economia de Goiás por setores (características e destaques):

 

- Setor de Serviços: é o setor econômico mais desenvolvido do estado. Corresponde a cerca de 61% do PIB estadual. É também o setor com maior número de pessoas empregadas.

 

- Setor industrial: é o segundo setor econômico mais desenvolvido. Corresponde a cerca de 26,3% do PIB estadual. As indústrias que mais se destacam em Goiás são de automóveis, medicamentos e produtos alimentícios. As regiões do estado com a maior concentração de indústrias são os municípios de Goiânia (capital), Anápolis e Catalão.

 

- Setor agropecuário: o setor de agronegócios é muito desenvolvido em Goiás, principalmente na região do interior do estado. Os principais produtos agropecuários de Goiás são: carnes, soja, açúcar, milho, leite, couro e lã.

 

Dados da economia do estado de Goiás:

 

- PIB: R$ 173,632 bilhões (em 2015 – fonte: IBGE)

 

- PIB per capita: R$ 26.265 (em 2015 – fonte: IBGE)

 

- Exportações: US$ 8,3 bilhões (estimativa 2017)

 

- Importações US$ 5,3 bilhões (estimativa 2017)

 

- Saldo da Balança Comercial: superávit de US$ 3 bilhões (estimativa 2017)

 

- Principais produtos exportados: soja, carnes (bovina, suína e de aves), milho, resíduos da extração de óleo de soja, sulfeto de cobra e açúcar.

 

- Principais produtos importados: produtos farmacêuticos, veículos automotores, autopeças, adubos e fertilizantes e máquinas e equipamentos.