Índices de inflação no Brasil

Os principais índices que medem a inflação no Brasil, institutos responsáveis, características de cada um, principais índices de 2017

Economia brasileira: vários índices para medir a inflação
Economia brasileira: vários índices para medir a inflação

 

Principais índices de inflação no Brasil

 

IPC (Índice de Preço ao Consumidor)

 

- Instituto responsável: FGV - Fundação Getúlio Vargas

 

- O que é medido: aumento de preços no varejo para famílias com renda mensal entre 1 e 33 salários mínimos.

 

- Características: os dados utilizados são referentes a sete capitais.

 

 

IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo)

 

- Instituto responsável: IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

- O que é medido: variação de preços no varejo para famílias com renda mensal entre 1 e 40 salários mínimos.

 

- Características: utiliza dados de 11 capitais.

 

 

INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor)

 

- Instituto responsável: IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

 

- O que é medido: variação de preços no varejo de itens consumidos por famílias com renda mensal entre 1 e 5 salários mínimos.

 

- Características: medido nas 11 principais regiões metropolitanas do Brasil.

 

 

IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo)

 

- Instituto responsável: FGV - Fundação Getúlio Vargas

 

- O que é medido: variação de preços de produtos industriais e agrícolas dos atacadistas ao varejo.

 

- Características: calculado para três intervalos diferentes (M, DI e 10).

 

INCC (Índice Nacional de Preços da Construção Civil)

 

- Instituto responsável: FGV - Fundação Getúlio Vargas

 

- O que é medido: a variação de preços na construção civil como, por exemplo, mão de obra, materiais de construção e serviços.

 

- Características: usado no financiamento direto das construtoras.

 

 

IGP (Índice Geral de Preços)

 

- Instituto responsável: FGV - Fundação Getúlio Vargas

 

- O que é medido: variação de preços através de uma média ponderada de três índices: INCC (10%), IPA (60%) e IPC (30%).

 

- Características: muito usado em contratos de longo prazo como, por exemplo, reajuste de aluguéis.

 

 

IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas)

 

- Instituto responsável: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP

 

- O que é medido: habitação, alimentação, transportes, despesas pessoais, saúde, vestuário e educação.

 

- Características: dados referentes à cidade de São Paulo. Verifica o custo de vida das famílias com ganhos mensais de 1 a 20 salários mínimos.

 

 

IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado)

 

- Instituto responsável: FGV - Fundação Getúlio Vargas

 

- O que é medido: formado por 60% do IPA, 30% do IPC e 10% do INCC. Mede as mudanças de preços de matérias-primas agrícolas e industriais no atacado e de bens e serviços finais no consumo

 

- Características: pesquisado entre os dias 21 de um mês e 20 do mês seguinte. Calculado para três intervalos diferentes (M, DI e 10).

 

Principais índices de inflação no Brasil em 2016:

 

- IPCA (IBGE): 6,29%

- IGP-M: 7,19%

- INPC (IBGE): 6,58%

- IGP-DI: 7,15%

- IPC-Br: 6,18%

- INCC: 6,10%

- IPC-FIPE - São Paulo: 6,81%

- ICV: 6,16%

- IPA-M: 7,62%

- IPCA-E: 6,58%

 

Principais índices de inflação no Brasil em 2017:

 

- IPCA (IBGE): 2,95%

- IGP-M: -0,52%

- INPC (IBGE): 2,07%

- IGP-DI: -0,42%

- IPC-Br: 3,80%

- INCC: 3,82%

- IPC-FIPE - São Paulo: 2,27%

- ICV: 2,44%

- IPCA-E: 2,93%