PIB do Brasil em 2017

Dados do PIB brasileiro no 1º, 2º, 3º e 4º trimestres de 2017, crescimento, desempenho por setores da economia, resumo, fim da recessão, resultado final, valores correntes

PIB Brasileiro de 2017: crescimento de 1% e fim da recessão
PIB Brasileiro de 2017: crescimento de 1% e fim da recessão

 

Fim da recessão econômica
 

Em 01 de março de 2018, o IBGE divulgou dados referentes ao PIB (Produto Interno Bruto) do ano de 2017. Após dois anos seguidos (2015 e 2016) de queda, o PIB brasileiro voltou a crescer, representando o fim da recessão econômica no país.
 


Principais dados do PIB brasileiro em 2017 (Resultado final anual):

 

- Desempenho do PIB: crescimento de 1% (em relação ao ano anterior).
 

- PIB do Brasil em valores correntes: R$ 6,6 trilhões (US$ 2,02 trilhões – taxa de câmbio de 01/03/2018 com dólar a R$ 3,26).
 

- PIB per capita em Real: R$ 31.587 (alta real de 0,2% em relação ao ano anterior).
 

- PIB per capita em dólar: US$ 9.689 (taxa de câmbio de 01/03/2018 com dólar a R$ 3,26).
 

Dados por setores da economia:

 

- Agropecuária: +13%
 

- Indústria: 0%
 

- Serviços: +0,3%
 

- Formação bruta de capital fixo (taxa de investimento): -1,8%
 

- Consumo das famílias: +1%
 

- Consumo do governo: -0,6%
 

Valores correntes por setores da economia:

 

- Agropecuária: R$ 299,5 bilhões
 

- Indústria: R$ 1,21 trilhão
 

- Serviços: R$ 4,13 trilhões
 

- Formação bruta de capital fixo (investimentos): R$ 1,02 trilhão
 

- Consumo das famílias: R$ 4,16 trilhões
 

- Consumo do governo: R$ 1,31 trilhão
 


Outros dados do PIB brasileiro 2017:


 

- Taxa de investimento: 15,6% do PIB
 

- Taxa de poupança: 14,8% do PIB
 


Expectativas para 2018

 

De acordo com muitos economistas, a economia brasileira vai crescer mais em 2018 do que em 2017. Com o controle inflacionário, queda do desemprego e retomada dos investimentos (internos e externos), o PIB brasileiro deverá crescer por volta de 3% neste ano.

 

________________________________________

 

RESULTADOS SEMESTRAIS DE 2017

 


PIB do Brasil no 1º trimestre de 2017

 

Em 01 de junho de 2017, o IBGE divulgou o resultado do Produto Interno Bruto brasileiro referente ao 1º trimestre do ano. De acordo com o IBGE, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 1,3% (*revisado em 01/12/17) no período (em relação ao 4º trimestre de 2016). Foi a primeira elevação após oito trimestres consecutivos de queda.

 

O grande destaque foi o setor da agropecuária que apresentou forte crescimento de 13,4% e impulsionou a economia brasileira neste período.

 

Em valores correntes, o PIB do Brasil totalizou R$ 1,595 trilhão (US$ 493,8 bilhões – cotação de 01/06/2017 com dólar a R$ 3,23).

 

Desempenho do PIB brasileiro por setores (1º trimestre de 2017):

 

- Agropecuária: +13,4% (R$ 93,4 bilhões)

 

- Indústria: +0,9% (R$ 291,1 bilhões)

 

- Serviços: 0% (R$ 996,4 bilhões)

 

- Consumo das famílias: +0,2%

 

- Consumo do governo: -0,1%

 

- Investimentos (formação bruta de capital fixo): -0,6%

 

Comparação do desempenho do PIB brasileiro com o de outros países no 1º trimestre de 2017:

 

- Brasil: +1,0%

 

- China: +1,3%

 

- Portugal: +1,0%

 

- México: +0,7%

 

- Japão: +0,5%

 

- Estados Unidos: +0,3%


PIB do Brasil no 2º trimestre de 2017

 

Em 01 de setembro de 2017, o IBGE divulgou o resultado do Produto Interno Bruto brasileiro referente ao 2º trimestre do ano. De acordo com o IBGE, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 0,7% (*revisado em 01/12/17) no período (em relação ao 1º trimestre de 2017). Foi a segunda elevação consecutiva.

 

O grande destaque foi o consumo das famílias que apresentou crescimento de 1,4% e impulsionou modestamente a economia brasileira neste trimestre.

 

Em valores correntes, o PIB do Brasil totalizou R$ 1,639 trilhão (US$ 523,6 bilhões – cotação de 01/09/2017 com dólar a R$ 3,13).

 

Desempenho do PIB brasileiro por setores (2º trimestre de 2017):

 

- Agropecuária: 0% (R$ 82,4 bilhões)

 

- Indústria: -0,5% (R$ 298,7 bilhões)

 

- Serviços: +0,6% (R$ 1.041,7 trilhão)

 

- Consumo das famílias: +1,2%

 

- Consumo do governo: -0,1%

 

- Investimentos (formação bruta de capital fixo): 0%

 

- Taxa de Poupança: 15,8% do PIB

 

Comparação do desempenho do PIB brasileiro com o de outros países no 2º trimestre de 2017:

 

- Brasil: +0,2%

 

- China: +6,9%

 

- Alemanha: +0,6%

 

- Portugal: +2,8%

 

- México: +1,8%

 

- Japão: +4,0%

 

- Estados Unidos: +2,6%

 

 

PIB do Brasil no 3º trimestre de 2017

 

Em 01 de deembro de 2017, o IBGE divulgou o resultado do Produto Interno Bruto brasileiro referente ao 3º trimestre do ano. De acordo com o IBGE, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 0,1% no período (em relação ao 2º trimestre de 2017). Foi a terceira elevação consecutiva. No acumulado do ano (de janeiro a setembro), a economia brasileira apresentou crescimento de 0,6%.

 

O grande destaque foi o consumo das famílias que apresentou crescimento de 1,2% e impulsionou modestamente a economia brasileira neste trimestre.

 

Em valores correntes, o PIB do Brasil totalizou R$ 1,641 trilhão (US$ 501,8 bilhões – cotação de 01/12/2017 com dólar a R$ 3,27).

 

Desempenho do PIB brasileiro por setores (3º trimestre de 2017):

 

- Agropecuária: -3,0% (R$ 70,3 bilhões)

 

- Indústria: +0,8% (R$ 314,6 bilhões)

 

- Serviços: +0,6% (R$ 1.030,7 trilhão)

 

- Consumo das famílias: +1,2% (R$ 1.048,8 trilhão)

 

- Consumo do governo: -0,2% (R$ 311,9 bilhões)

 

- Investimentos (formação bruta de capital fixo): +1,6% (R$ 263,9 bilhões) – corresponde a 16,1% do PIB.

 

- Taxa de Poupança: 15,2% do PIB

 

- Exportação de bens e serviços: +4,1%


- Importação de bens e serviços: +6,6%

 

Comparação do desempenho do PIB brasileiro com o de outros países no 3º trimestre de 2017:

 

- Brasil: +0,1%

 

- China: +6,8%

 

- Alemanha: +2,8%

 

- Espanha: +3,1%

 

- México: +1,8%

 

- Portugal: +2,5%

 

- Japão: +1,7%

 

- Estados Unidos: +2,6%

 

 

PIB do Brasil no 4º trimestre de 2017

 

Em 01 de março de 2018, o IBGE divulgou o resultado do Produto Interno Bruto brasileiro referente ao 4º trimestre de 2017. De acordo com o IBGE, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 0,1% no período (em relação trimestre anterior).

 

Desempenho do PIB brasileiro por setores (4º trimestre de 2017) em relação ao trimestre anterior (com ajuste sazonal):

 

- Agropecuária: 0%

 

- Indústria: +0,5%

 

- Serviços: +0,2%

 

- Consumo das famílias: +0,1%

 

- Consumo do governo: +0,2%

 

- Investimentos (formação bruta de capital fixo): +2%

 

- Exportações de bens e serviços: -0,9%

 

- Importações de bens e serviços: +1,6%