Oscar Wilde

Oscar Wilde foi um poeta e dramaturgo irlandês do século XIX.

Oscar Wilde: um dos grandes nomes da literatura inglesa
Oscar Wilde: um dos grandes nomes da literatura inglesa

 

Quem foi

 

Oscar Fingal O'Flahertie Wills Wilde (nome completo) foi um importante dramaturgo, escritor e poeta irlandês da segunda metade do século XIX. É considerado um dos grandes nomes da literatura britânica. Sua obra mais conhecida é o romance O retrato de Dorian Gray, publicada em 1890.

 

Nasceu na cidade de Dublin (Irlanda) em 16 de outubro de 1854. Faleceu na cidade de Paris, (França), aos 46 anos, em 30 de novembro de 1900.

 

Movimentos literários que fez parte:

 

- Esteticismo (Movimento Estético Inglês)

 

- Decandentismo

 

Período histórico em que viveu:

 

- Era Vitoriana

 

Principais características do estilo literário de Oscar Wilde:

 

- Oscar Wilde priorizou os seguintes gêneros literários: drama, diálogo, história curta e conto.

 

- Escreveu peças populares de caráter crítico, principalmente em relação aos costumes e a hipocrisia da sociedade inglesa de sua época.

 

- Obras marcadas pela sagacidade e pelo decadentismo.

 

- Presença da temática homoerótica, principalmente na obra O retrato de Dorian Gray. Nesta, a arte, as manipulações dos seres humanos e a vaidade também são temas retratados.

 

- Escreveu alguns contos infantis em que imprimiu, através de uma linguagem simples, algumas lições de moral.

 

- Presença, em muitas de suas obras, do sarcasmo, da ironia e do cinismo.


Fotografia do escritor irlandês Oscar Wilde, em pé e de chapeu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oscar Wilde: um dos grandes nomes da literatura de língua inglesa (foto da época de estudante em Oxford)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Principais obras de Oscar Wilde:

 

- O retrato de Dorian Gray (1890) - romance

 

- O príncipe feliz e outras histórias (1888) - contos

 

- O fantasma de Canterville (1887) - contos

 

- O gigante egoísta (1888)

 

- Uma mulher sem importância (1893) – peça para teatro

 

- Um marido ideal (1895) – peça para teatro

 

- A esfinge (1894) - poesia

 

- Poemas (1881)

 

- A alma do homem sob o socialismo (1891) - ensaio

 

- A importância de ser prudente (1895) – peça para teatro

 

- De profundis (1905) – ensaio

 

Exemplos de frases:

 

- “Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe”.

 

- “Alguns geram felicidade aonde quer que vão; outros, sempre que se vão”.

 

- “O passo inicial é o mais importante na evolução de um homem ou nação”.


Capa da revista em que foi publicado o Retrato de Dorian Gray

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capa da revista Lippincott's, em que foi publicada pela primeira vez, em 1890, a obra O Retrato de Dorian Gray.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigo publicado em: 20/12/2019 - revisado em 07/09/2020
___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).