Lenda da Matinta Pereira

Conheça a lenda da Matinta Pereira e as características da personagem folclórica brasileira.

Matinta Pereira: uma personagem do folclore amazônico brasileiro
Matinta Pereira: uma personagem do folclore amazônico brasileiro

 

Introdução (quem é)


A Matinta Pereira, também conhecida como Mati-Taperê, é uma personagem do folclore da região norte do Brasil. É representada por uma mulher idosa e assustadora que veste uma roupa escura e velha. De acordo com a lenda, a Matinta passa as noites e madrugadas pelas ruas assoviando de forma estridente, amedrontando as pessoas.

 

Como é a lenda da Matinta Pereira 


Segundo a lenda, uma forma de não ser perturbado pela Matinta seria oferecendo a ela, no dia seguinte, algum tipo de alimento e tabaco (fumo). Desta forma ela deixaria de assustar as pessoas da casa, parando de assoviar. Caso contrário, ficaria assoviando todas as noites nas proximidades da casa.

 

Em algumas regiões do Norte do Brasil, a Matinta aparece com um pássaro escuro que a ajuda a assustar as pessoas, assoviando de forma assustadora e levando azar por onde passa. Em outras versões da lenda, ela possui a capacidade de se transformar em um pássaro.


Aprisionando a Matinta 


Diz ainda a lenda que, a única forma de aprisionar a Matinta é executando alguns rituais: enterrar no chão (local onde passa a Matinta), à meia-noite, uma tesoura aberta com um terço e uma chave. Quando a Matinta passar por cima ficará presa.

 

A Matinta Pereira, também chamada de Matinta Perera, é mais uma lenda do rico e interessante folclore da região amazônica brasileira. Foi possivelmente criada há muitos anos e ainda é passada de geração para geração até os dias de hoje.

 

Ilustração da Matinta Pereira

Matinta Pereira: uma lenda assustadora do folclore nacional.

 

 




Jefferson Evandro M. Ramos (graduado em História pela Universidade de São Paulo).