População Brasileira

Demografia do Brasil, dados, etnias, taxas de natalidade e mortalidade, crescimento populacional, estimativas 2018

População brasileira: contrastes e mudanças
População brasileira: contrastes e mudanças

 

Quantidade de habitantes no país e por regiões

 

A população brasileira atual é de 208,5 milhões de habitantes (em 1 de julho de 2018 - estimativa IBGE). Segundo as estimativas, no ano de 2047, a população brasileira deverá atingir 233,2 milhões de habitantes.

 

Taxa de Natalidade e de Mortalidade



Se observarmos os dados populacionais brasileiros, poderemos verificar que a taxa de natalidade tem diminuído nas últimas décadas. Isto ocorre, em função de alguns fatores. A adoção de métodos anticoncepcionais mais eficientes tem reduzido o número de gravidez. A entrada da mulher no mercado de trabalho, também contribuiu para a diminuição no número de filhos por casal. Enquanto nas décadas de 1950-60 uma mulher, em média, possuía de 4 a 6 filhos, hoje em dia um casal possui um ou dois filhos, em média.



A taxa de mortalidade também está caindo em nosso país. Com as melhorias na área de medicina, mais informações e melhores condições de vida, as pessoas vivem mais. Enquanto no começo da década de 1990 a expectativa de vida era de 66 anos, em 2016 foi para 75,8 anos (dados do IBGE).



A diminuição na taxa de fecundidade e aumento da expectativa de vida tem provocado mudanças na pirâmide etária brasileira. Há algumas décadas atrás, ela possuía uma base larga e o topo estreito, indicando uma superioridade de crianças e jovens. Atualmente ela apresenta características de equilíbrio. Alguns estudiosos afirmam que, mantendo-se estas características, nas próximas décadas, o Brasil possuirá mais adultos e idosos do que crianças e jovens. Um problema que já é enfrentado por países desenvolvidos, principalmente na Europa.


Mortalidade Infantil



Embora ainda seja alto, o índice de mortalidade infantil (até completar um ano) diminui a cada ano no Brasil. Em 1995, a taxa de mortalidade infantil era de 66 por mil. Em 2005, este índice caiu para 25,8 por mil. Já no último Censo feito pelo IBGE em 2010, o índice verificado foi de 15,6 por mil. Em 2016, o IBGE indicou que este índice caiu para 13,3 por mil.

 

Para termos uma base de comparação, em países desenvolvidos a taxa de mortalidade infantil é de, aproximadamente, 5 por mil. 



Este índice tem caído no Brasil em função, principalmente, de alguns fatores: melhorias no atendimento à gestante, exames prévios, melhorias nas condições de higiene (saneamento básico), uso de água tratada, utilização de recursos médicos mais avançados, etc.

 


Outros dados da População brasileira 

 

- Crescimento demográfico: 0,82% ao ano (entre 2017 e 2018) - Fonte: IBGE (2018)


- Expectativa de vida: 75,8 anos (em 2016 - fonte: IBGE)


- Expectativa de vida de homens: 72,2 anos (em 2016 - fonte: IBGE)


- Expectativa de vida de mulheres: 79,4 anos (em 2016 - fonte: IBGE)


- Taxa de natalidade (por mil habitantes): 20,40 *


- Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31 *


- Taxa de fecundidade total: 1,74 ***


- Estrangeiros no Brasil: 0,23% **


- Estados mais populosos: São Paulo (45,5 milhões), Minas Gerais (21 milhões), Rio de Janeiro (17,1 milhões), Bahia (14,8 milhões) e Rio Grande do Sul (11,3 milhões). - Fonte: IBGE 2018 - estimativa


- Estados menos populosos: Roraima (576,5 mil), Amapá (829,5 mil) e Acre (869,2 mil). - Fonte PNAD IBGE (2018) - estimativa


- Capital menos populosa do Brasil: Palmas-TO (291,5 mil) - Fonte PNAD IBGE (2018) - estimativa


- Cidade mais populosa: São Paulo-SP (12,17 milhões) Fonte: PNAD IBGE 2018 - estimativa


- Proporção dos sexos: 48,5 de homens e 51,5 % de mulheres. (Pnad 2016 - IBGE)


- Vivem na Zona Urbana: 172,8 milhões de habitantes, enquanto que na Zona Rural vivem 30,3 milhões de brasileiros. (Pnad 2014 - IBGE).

- Pessoas com 60 anos ou mais: 14,4% da população (em 2016 - Pnad - IBGE)


- Pessoas que vivem sozinhas: 14,4% ***

 


Fontes: IBGE  * 2005 , ** Censo 2010, *** IBGE (Síntese de Indicadores Sociais 2015, referente ao ano de 2014)



Etnias no Brasil (cor ou raça)



- Parda: 46,7%


- Branca: 44,2%


- Preta: 8,2%


- Indígenas, amarelos e outros: 0,9%



Fonte: Pnad - IBGE 2016