Estação Ecológica e suas características

Conheça o que é uma estação ecológica, suas características, função e importância

Estação Ecológica de Guaraqueçaba: localizada no litoral Norte do Paraná
Estação Ecológica de Guaraqueçaba: localizada no litoral Norte do Paraná

 

Introdução - aspectos gerais e função


Uma estação ecológica é uma das 12 categorias de unidade de conservação (UC). Toda estação ecológica está sob a responsabilidade do poder público, sendo a maioria delas administradas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Incluída na classe conhecida como Proteção Integral, uma estação ecológica é criada com o objetivo de conservar a natureza e possibilitar a execução de pesquisas científicas.



Características principais:


Os atributos de uma estação ecológica são:


- É conhecida pela sigla ESEC.

- Área de posse e domínio público, ou seja, não pertence a uma única pessoa. As áreas particulares que existirem no local em que será implantada uma estação devem ser desapropriadas.


- No mínimo 90% da sua extensão deve ser destinada à proteção integral da biota, ou seja, não deve receber alteração, como retirada da vegetação ou extração de qualquer recurso.

- A visitação pública é permitida, desde que seja com o objetivo de educação ambiental.


- Pode receber algumas poucas alterações desde que sejam autorizadas e estejam compatíveis com o plano de manejo da estação. Por exemplo, coleta de componentes do ecossistema (partes da vegetação, animais, amostras de solo ou água), contanto que tenha fim científico.



Os benefícios da implantação de uma estação ecológica


Nosso planeta agrega uma enorme quantidade de comunidades ecológicas. A continuação das interações ecológicas estabelecidas entres os indivíduos dessas comunidades depende de ações humanas. Uma delas é a criação de estações ecológicas, nas quais a interação dos seres com o meio físico e com outros seres pode se perpetuar.


Em muitas áreas os mais diferentes ecossistemas brasileiros (marinho, floresta, cerrado, etc.) estão modificados por intervenções humanas. Os pesquisadores podem usar parâmetros para comparar eventos biológicos em áreas alteradas com aqueles em áreas dentro de uma estação ecológica. Essa última serve como modelo de como a natureza funcionava antes da intervenção.



Curiosidade:


- Não é preciso ter medo de perder a propriedade no caso de uma estação ecológica ser criada abrangendo o terreno de alguém. A regularização de uma unidade de conservação segue lei que prevê a indenização do proprietário.


Foto da Estação Ecológica de Jureia-Itatins

 

 

 

 

 

 

 

 

Estação Ecológica de Jureia-Itatins: localizada no litoral Sul de São Paulo.

 

 

 

 

 

 

 

Publicado em 15/02/2020
_________________________________

Por Milene Moura Martins

Graduada em Ciências Biológicas pela UFMG, mestre pela UNESP e doutora em Zoologia pela Universidade de São Paulo - USP.