Preservação do Meio Ambiente no Brasil

Veja abaixo a situação da preservação do Meio Ambiente no Brasil e os biomas mais preservados.

Desmatamento: maior ameaça à preservação ambiental no Brasil
Desmatamento: maior ameaça à preservação ambiental no Brasil


Introdução

 

Infelizmente, desde a chegada dos portugueses ao Brasil em 1500, vem ocorrendo um processo de desmatamento contínuo e crescente. A exploração de madeira, a abertura de áreas para cidades e atividades agropecuárias foram, aos poucos, diminuindo as áreas de vegetação nativa dos biomas brasileiros.

 

Como sabemos, junto com o desmatamento foi ocorrendo um processo de desequilíbrio ambiental, fato que gerou a diminuição de espécies animais. Muitas espécies brasileiras encontram-se hoje em situação de risco de extinção.

 

Atualmente, somente cerca de 55% da área florestal nativa encontra-se preservada. Embora a legislação ambiental garanta a existência de unidades de proteção e uso sustentável, ainda é significativo o desmatamento no Brasil.

 

Desmatamento no Brasil: biomas, áreas desmatadas e preservadas

 

- Caatinga: cerca de 53% de desmatamento (46% de vegetação nativa preservada).

 

- Cerrado: cerca de 48% de desmatamento (51% de vegetação nativa preservada).

 

- Mata Atlântica: cerca de 76% de desmatamento (22% de vegetação nativa preservada).

 

- Amazônia: cerca de 12% de desmatamento (84% de vegetação nativa preservada).

 

- Pampa: cerca de 54% de desmatamento (36% de vegetação nativa preservada).

 

- Pantanal: cerca de 15% de desmatamento (83% de vegetação nativa preservada).

 

 

* os valores que faltam para totalizar 100% referem-se a áreas ocupadas por rios, lagos e outros tipos de corpo d’água.

 

Paisagem da Mata Atlântica com muitas árvores

Mata Atlântica: o bioma mais desmatado do Brasil.

 

 

Fonte: Ibama 2019

 

 




atualizado em 17/10/2020