Corrente Marinha

Corrente Marinha é um fluxo de água no oceano.

Corrente Marinha: água dos oceanos em movimento
Corrente Marinha: água dos oceanos em movimento

 

Definição (o que é)

 

Corrente marinha (também chamada corrente oceânica) é o movimento de translação, permanente e continuado de uma massa de água dos oceanos. É também conhecida como corrente oceânica. Pode acontecer também em mares mais extensos como, por exemplo, Mar Mediterrâneo.

 

Origem

 

As correntes marinhas têm origem, na maioria das vezes, pela diferença de densidade da água que é maior quanto mais fria e/ou salgada. Esta água mais densa tende a ir para regiões mais baixas do oceano, possibilitando a subida de águas mais quentes. Este movimento provoca a formação das correntes marinhas.

 

Características das correntes marinhas:

 


• Influência da temperatura: as correntes marinhas podem ser quentes ou frias, afetando os climas locais e o tempo. As correntes quentes têm origem próxima ao Equador, enquanto as correntes frias vêm de regiões polares ou temperadas.


Variabilidade de profundidade: podem ocorrer em várias profundidades no oceano. As correntes de superfície são geralmente impulsionadas pelo vento, enquanto as correntes oceânicas profundas são conduzidas por diferenças de densidade relacionadas à temperatura e salinidade.


Direção e velocidade: a direção e a velocidade das correntes marinhas são influenciadas por fatores como direção do vento, rotação da Terra e configuração das bacias oceânicas. Essa variação afeta os padrões climáticos globais e as condições biológicas no oceano.


Impacto ecológico: as correntes marinhas desempenham um papel crucial na distribuição de nutrientes por diferentes partes do oceano, afetando a biodiversidade e a produtividade marinha. Elas facilitam a migração de espécies marinhas e a dispersão de nutrientes e larvas.



Importância para a pesca

 

Os pescadores utilizam muito as correntes marinhas para localizar cardumes (abundante quantidade de peixes juntos).

 


Exemplos de correntes marinhas:



1. Correntes marinhas quentes

 

- Corrente Sul-Equatorial (Oceano Pacífico)

 

- Corrente do Pacífico Sul (Oceano Pacífico)

 

- Corrente Norte-Equatorial (Oceano Pacífico)

 

- Corrente do Japão (Oceano Pacífico)

 

- Corrente da Austrália (Oceano Pacífico)

 

- Corrente de Madagascar (Oceano Índico)

 

- Corrente das Monções (Oceano Índico)

 

- Corrente do Brasil (Oceano Atlântico)

 

- Corrente do Atlântico Norte (Oceano Atlântico)

 

- Corrente das Guianas (Oceano Atlântico)

 

- Corrente do Alasca (Oceano Pacífico Norte)

 

- Corrente do Golfo (Oceano Atlântico)

 

2. Correntes marinhas frias

 

- Corrente da Califórnia (Oceano Pacífico)

 

- Corrente de Humboldt (Oceano Pacífico)

 

- Corrente Antártica (sul dos oceanos Atlântico e Índico)

 

- Corrente do Atlântico Sul (Oceano Atlântico)

 

- Corrente das Falkland (Oceano Pacífico e Oceano Atlântico)

 

- Corrente do Labrador (Oceano Atlântico)

 

- Corrente da Groenlândia (Oceano Glacial Ártico e Oceano Atlântico Norte)


- Corrente das Canárias (Atlântico Nordeste)

 

- Corrente Oyashio (Oceano Pacífico Norte)

 

- Corrente de Benguela (Oceano Atlântico)

 

Foto de um cardume de peixes no oceano

Cardume: deslocamento através das correntes marinhas.

 

 



Artigo revisado por Marcia Rodrigues - Professora de Geografia - Graduada pela Universidade de Guarulhos (2005).