Numismática

Numismática é uma ciência que estuda as moedas e medalhas.

Numismática: estudo de moedas e medalhas
Numismática: estudo de moedas e medalhas

 

Definição (o que é)

 

A numismática é uma ciência voltada para o estudo de moedas e medalhas. Esta ciência começou a se desenvolver, primeiramente na Europa, no século XIX.

 

Importância da Numismática

 

A numismática é muito importante no auxílio da História, pois fornece dados culturais, sociais e econômicos importantes sobre uma determinada época. Entre eles, podemos citar:

 

• Dados econômicos: as moedas podem refletir as condições econômicas de um período, como inflação, distribuição de riqueza e dinâmicas de comércio. Por exemplo, o tamanho, o conteúdo metálico e a quantidade de moedas em circulação podem fornecer informações preciosas sobre as políticas econômicas, a disponibilidade de recursos e as demandas de mercado da época.


Informações políticas: as moedas frequentemente apresentam imagens de governantes, símbolos políticos ou inscrições que indicam mudanças governamentais, como mudanças de poder, expansões territoriais ou eventos políticos significativos. Essas representações podem ajudar a identificar períodos de estabilidade ou conflito e mudanças na ideologia política.


• Informações culturais: os elementos de design nas moedas, incluindo símbolos, motivos e inscrições, podem revelar crenças religiosas, valores sociais e práticas culturais. Por exemplo, a aparição de figuras mitológicas ou ícones religiosos pode esclarecer sobre as prioridades espirituais e culturais de uma sociedade.


Avanços tecnológicos: os métodos e materiais usados na produção de moedas podem indicar o nível de avanço tecnológico da época. Mudanças nas técnicas de cunhagem ou a introdução de novos metais podem refletir desenvolvimentos tecnológicos e industriais mais amplos.


Cronologia e dispersão geográfica: as moedas podem ajudar a datar sítios arqueológicos e artefatos. Elas também podem mapear rotas comerciais históricas e a extensão de impérios com base em onde as moedas de uma determinada era ou região são encontradas.


• Informações legais e administrativas: as inscrições podem incluir informações legais, como decretos, que podem informar sobre a governança, os quadros legais e as práticas administrativas da época.

 

Frente de uma moeda antiga romana de ouro

Áureo, moeda de ouro da Roma Antiga: na frente a face do imperador Septímio Severo.

 

 

O numismata e seu trabalho 

 

O profissional que atua nesta área do conhecimento é chamado de numismata. O trabalho deste profissional envolve um estudo aprofundado das moedas e medalhas, como, por exemplo, identificação de materiais utilizados, símbolos, valores monetários, circulação, catalogação, etc.

 

Numismática e colecionismo: uma grande diferença

 

Numismática não pode ser confundida com colecionismo. Neste último caso, o colecionador, apesar de muitas vezes conhecer bem moedas e medalhas, não encara sua atividade do ponto de vista científico, gerando conhecimentos.



Você sabia?

 

- As moedas mais valiosas para a Numismática são aquelas que, além de serem raras e bem conservadas, podem conter conhecimentos e informações históricas de grande importância.

 

- Dia 1 de dezembro é comemorado o Dia do Numismata.

 

- O diplomata suíço Julius Meili (1839-1907) é considerado o pai da Numismática brasileira.

 

Mão de um numismata com uma lupa analisando uma moeda antiga

Numismata: um especialista na história e valores das moedas antigas.

 

 




Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

Temas relacionados