Smog

Saiba o que é smog fotoquímico, smog industrial, formação, consequências para a saúde, bibliografia, resumo

Smog cobrindo a cidade de Los Angeles
Smog cobrindo a cidade de Los Angeles

 

Definição (o que é)

 

Smog é um fenômeno fotoquímico caracterizado pela formação de uma espécie de neblina composta por poluição, vapor de água e outros compostos químicos. Geralmente, o smog se forma em grandes cidades, onde a poluição do ar é elevada e provocada, principalmente, pela queima de combustíveis fósseis (gasolina e diesel) pelos veículos automotores. Em regiões com grande presença de indústrias poluidoras, o smog industrial também ocorre.

 

Composição 

 

Além do vapor de água, podemos encontrar num smog a presença de aldeídos, dióxido de nitrogênio, ozônio, óxido de nitrogênio, hidrocarbonetos e outros compostos orgânicos voláteis.

 

Efeito visual 

 

O smog causa um efeito visual característico, deixando sobre a cidade uma camada cinza de ar. Nas situações mais extremas, em função das baixas condições visuais, inviabiliza o trânsito terrestre de veículos e aéreo de aviões e helicópteros.

 

Smog e a saúde 

 

Viver em cidades com smog não é nada bom para a saúde, pois a presença destes poluentes é maléfica ao sistema respiratório das pessoas. Podem provocar, se inalados constantemente, diversas doenças.


Curiosidades:

 

- A palavra smog é de origem inglesa e formada pela união de smoke (fumaça) e fog (neblina, nevoeiro).

 

- O smog foi identificado pela primeira vez na década de 1940 na cidade de Los Angeles (Califórnia – EUA).