Economia da Finlândia

Características econômicas da Finlândia, principais dados econômicos, aspectos da economia finlandesa, PIB, taxas, força de trabalho

Economia da Finlândia: destaque para a indústria
Economia da Finlândia: destaque para a indústria

 

Principais dados da economia da Finlândia:



Principais setores econômicos: indústria eletrônica, elétrica e automobilística.

 

MoedaEuro

PIB (nominal): US$ 253,2 bilhões (em 2017)

 

PIB per capita: US$ 44.300 (em 2017)

 

Desempenho do PIB: crescimento de 3%  (em 2017)

 

Posição no ranking econômico mundial: 119º (em volume de PIB 2017)

 

Composição do PIB por setor da economia: serviços (69,5%), indústria (27,8%) e agricultura (2,7%) - (estimativa 2017)

 

Força de trabalho (estimativa 2017):  2,48 milhões de trabalhadores ativos.

 

Taxa de desemprego: 8,6% (no ano de 2017)

 

Investimentos: 22,6% do PIB (2017 estimativa)

 

População abaixo da linha de pobreza: não há

 

Dívida Pública: 61,4% do PIB (em 2017)

 

Taxa de Inflação: 0,8% (no ano de 2017)

 

Taxa de crescimento industrial: 3,4% (em 2017)


Carga tributária (impostos e taxas):
23% do PIB (em 2017)

 

Principais produtos agropecuários produzidos: cevada, açúcar, trigo, beterraba e batata.

 

Principais produtos industrializados produzidos: máquinas, equipamentos eletrônicos, metais, equipamentos científicos e navios.

 

Principais produtos exportados: equipamentos elétricos, máquinas, equipamentos de transporte, celulose e produtos químicos.

 

Principais produtos importados: alimentos, petróleo, produtos químicos, ferros, máquinas e aço.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): Alemanha, Suécia, Rússia e Holanda.

 

Principais parceiros econômicos (importação): Rússia, Alemanha, Suécia e Holanda. 

 

Exportações (em 2017): US$ 59,6 bilhões

 

Importações (em 2017): US$ 62,1 bilhões

 

Saldo da balança comercial (em 2017): déficit de US$ 2,5 bilhões.

 

Organizações comerciais que participa: União Europeia e OMC (Organização Mundial do Comércio).