Economia da França

Características econômicas da França, dados econômicos, aspectos da economia francesa, PIB, exportações e importações, inflação

Economia da França: diversificação é o ponto forte
Economia da França: diversificação é o ponto forte

 

Situação atual da economia francesa (2017)

 

A França, assim como grande parte das nações europeias, enfrenta dificuldades econômicas significativas. A crise de 2008, que teve início nos EUA e se espalhou pelo mundo, ainda afeta o desenvolvimento econômico da França. Porém, aos poucos, ela tem retomando o caminho do crescimento. Desemprego alto e endividamento público elevado são alguns dos principais problemas da economia francesa na atualidade. De acordo com o volume de PIB de 2017, a França é a 7ª maior economia do mundo. A economia francesa tem crescido nos últimos anos, porém num ritmo lento.

 

Dados da economia da França

 

Principais setores econômicos: indústria, tecnologia, finanças, turismo e agricultura.

 

Moeda: Euro (símbolo €)

 

PIB (nominal): US$ 2,575 trilhões (em 2017)

 

PIB per capita: US$ 43.600 (em 2017)

 

Desempenho do PIB (em 2017): +1,6%

 

Composição do PIB por setor da economia: serviços (78,9%), indústria (19,4%) e agricultura (1,6%) - dados de 2017

 

Força de trabalho (em 2017): 30,68 milhões de trabalhadores ativos.

 

Taxa de desemprego: 9,5% (último trimestre de 2017)

 

Investimentos: 22% do PIB (ano de 2017)

 

População abaixo da linha de pobreza: 4,9% (estimativa 2017)

 

Dívida Pública: 96,1% do PIB (em 2017)

 

Taxa de Inflação: 1,2% (em 2017)

 

Reservas monetárias: US$ 1.372 trilhão (31/12/2017)

 

Taxa de crescimento da produção industrial: 1,1% (ano de 2017)

 

Principais produtos agropecuários produzidos: trigo, cereais, açúcar, batata, vinho, carne e peixe.

 

Principais produtos industrializados produzidos: automóveis, máquinas, computadores, aviões, têxteis e alimentos processados.

 

Principais commodities exportadas: máquinas, equipamentos de transporte, aviões, plásticos, produtos químicos, aço e produtos farmacêuticos.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): Alemanha, Itália, Espanha, Reino Unido, Bélgica, Estados Unidos e Holanda.

 

Principais parceiros econômicos (importação): Alemanha, Bélgica, Itália, Espanha, Holanda e Reino Unido. 

 

Exportações (em 2017): US$ 541,3 bilhões

 

Importações (em 2017): US$ 576,3 bilhões

 

Balança comercial (em 2017): déficit de US$ 35 bilhões.

 

Carga tributária (impostos e taxas): 51,8% do PIB (em 2017)

 

Bloco econômico que pertence: UE (União Europeia).