Economia da Índia

Características econômicas da Índia, dados econômicos, aspectos da economia indiana

Índia: acelerado crescimento industrial nos últimos anos
Índia: acelerado crescimento industrial nos últimos anos

 

Características gerais da economia indiana

 

A Índia é um país emergente, portanto apresenta um bom crescimento econômico na atualidade. De acordo com dados do Banco Mundial, a Índia é a quarta maior economia do mundo na atualidade (levando em conta o PIB de 2017).

 

Nas últimas décadas, o país tem apresentado uma taxa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em torno de 7% ao ano. A economia indiana é diversificada, pois apresenta fortes resultados nas áreas agrícola, industrial, tecnológica, financeira e de serviços.

 

A Índia apresenta um forte destaque nas exportações de produtos manufaturados. A indústria de tecnologia também tem apresentado forte crescimento nos últimos anos. Muitas empresas de tecnologia têm instalado filiais na Índia, em busca, principalmente, de mão de obra barata e especializada. Na área de serviços podemos destacar a forte expansão da produção de softwares.


Problemas da economia da Índia

 

Um dos principais problemas da economia da Índia é a forte concentração de renda, que gera desigualdades sociais e econômicas A grande maioria dos trabalhadores ganha salários baixos e trabalha exaustivas cargas horárias.

 

Dados da economia da Índia

 

Principais setores econômicos: agricultura, indústria, tecnologia e finanças.

 

Principais regiões industriais: regiões metropolitanas de Bombaim e Calcutá.

 

Moeda: Rúpia Indiana (código INR)

 

PIB (nominal): US$ 2,611 trilhões (em 2017)

 

PIB per capita:  US$ 7.250 (em 2017).

 

Desempenho do PIB em 2017: crescimento de 6,7%

 

Composição do PIB por setor da economia: serviços (61,5%), indústria (23%) e agricultura (15,4%) - dados de 2017

 

Força de trabalho (em 2017): 522 milhões de trabalhadores ativos (estimativa)

 

Taxa de desemprego: 8,8% (em 2017 - estimativa)

 

Investimentos: 27,6% do PIB (em 2017)

 

Dívida Pública: 70,2% do PIB (em 2017)

 

Taxa de Inflação: 3,6% (em 2017)

 

Reservas monetárias: US$ 429,5 bilhões (em 31 de dezembro de 2017)

 

Taxa de crescimento da produção industrial: 7,5% (estimativa 2017)


Carga tributária (impostos e taxas): 9,4% do PIB (em 2017)

 

Principais produtos agropecuários produzidos: arroz, algodão, chá, trigo, sementes oleaginosas, juta e batata.

 

Principais produtos industrializados produzidos: têxteis, produtos químicos, aço, alimentos processados e equipamentos de transporte.

 

Principais produtos exportados: derivados de petróleo, pedras preciosas, máquinas, ferro, aço e produtos químicos.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos e China.

 

Principais parceiros econômicos (importação): China, Arábia Saudita e Estados Unidos.

 

Exportações (em 2017): US$ 299,3 bilhões

 

Importações (em 2017): US$ 426,8 bilhões

 

Saldo da balança comercial: déficit de US$ 127,5 bilhões (em 2017)

 

Pertence a: BRICS, ACD, G20, FMI e ASACR.