Economia do Paraguai

Características econômicas do Paraguai, dados econômicos, aspectos da economia paraguaia, PIB

Setor informal é uma das marcas da economia do Paraguai
Setor informal é uma das marcas da economia do Paraguai

 

Principais características da economia do Paraguai

 

O Paraguai possui uma das economias que mais crescem no continente americano. Há 20 anos atrás, o país enfrentava sérias dificuldades econômicas, porém, a reestruturação das últimas duas décadas está apresentando resultados extremamente bons. Investimentos estrangeiros em vários setores da economia, principalmente em agricultura, trouxeram resultados positivos ao país. O desemprego caiu, as exportações aumentaram e o PIB vem apresentando crescimentos significativos a cada ano. A economia paraguaia já não é mais dependente das atividades informais e da venda de energia para o Brasil. É uma economia dinâmica, considerada um destaque e exemplo de recuperação em nosso continente. Já existem muitos brasileiros, que estão buscando, no país vizinho, melhores condições de vida e remunerações mais altas no trabalho. 

 

Principais dados da economia do Paraguai

 

Principais setores econômicos: comércio, serviços, agricultura, pecuária e indústria.

 

Moeda: guarani

 

PIB (nominal): US$ 29,62 bilhões (no ano de 2017).

 

PIB per capita: US$ 9.800 (no ano de 2017).

 

Taxa de crescimento do PIB: 4,3% (em 2017).

 

Posição no ranking econômico mundial (em valor de PIB): 103º (em 2017).

 

Composição do PIB por setor da economia: serviços (54,5%), indústria (27,7%) e agricultura (17,9%) - (estimativa ano de 2017).

 

Força de trabalho (em 2017): 3,43 milhões de trabalhadores ativos.

 

Taxa de desemprego: 6,5% (no ano de 2017)

 

Investimentos: 17,2% do PIB (estimativa 2017)

 

Taxa de juros do Banco Central: 5,5% ao ano (em dezembro de 2017)

 

População abaixo da linha de pobreza: 20,1 % (estimativa 2017)

 

Dívida Pública: 25,6% do PIB (ano de 2017)

 

Taxa de Inflação: 3,6% (no ano de 2017)

 

Taxa de crescimento da produção industrial: 6% (estimativa 2017).


Carga tributária (impostos e taxas): 18,6% do PIB (em 2017).

 

Principais produtos agropecuários produzidos: algodão, cana, soja, milho, tabaco, mandioca e frutas.

 

Principais produtos industrializados produzidos: cimento, tecidos, açúcar, produtos de madeira e aço.

 

Principais produtos exportados: soja, ração, carne, algodão, óleos comestíveis e eletricidade (principalmente para o Brasil).

 

Principais produtos importados: veículos, bens de consumo, combustíveis, produtos químicos e máquinas.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): Brasil, Argentina, Uruguai e Chile.

 

Principais parceiros econômicos (importação): Brasil, China, Estados Unidos e Argentina.

 

Exportações (em 2017): US$ 11,53 bilhões

 

Importações (em 2017): US$ 10,37 bilhões

 

Saldo da balança comercial (em 2017): superávit de US$ 1,16 bilhão.

 

Organizações comerciais que participa: Mercosul

Temas relacionados