Economia da Polônia

Características econômicas da Polônia, dados econômicos, aspectos da economia polonesa, PIB

Centro financeiro na capital da Polônia (Varsóvia)
Centro financeiro na capital da Polônia (Varsóvia)

 

Principais dados da economia da Polônia:


 

Principais setores econômicos: indústria, construção naval, agricultura e pecuária.

 

Moeda: zloty

 

PIB (nominal): US$ 586,1 bilhões (em 2018)

 

PIB per capita: US$ 16.640 (em 2018)

 

Taxa de crescimento do PIB: 4,7% (em 2018)

 

Desempenho do PIB no 2º trimestre de 2019 (em relação ao 1º trimestre de 2019): alta de 0,8%

 

Posição no ranking econômico mundial: 23º (em volume de PIB 2018)

 

Composição do PIB por setor da economia: serviços (64,4%), indústria (40,1%) e agricultura (2,4%) - (em 2018 - estimativa)

 

Força de trabalho (em 2019): 18,05 milhões de trabalhadores ativos (estimativa)

 

Taxa de desemprego: 5,3% (em julho de 2019)

 

Investimentos: 17,8% do PIB (2017 estimativa)

 

População abaixo da linha de pobreza: 9,7% (ano de 2017 - estimativa)

 

Dívida Pública: 46,2% do PIB (em 2017)

 

Taxa de Inflação: 2,9% (em julho de 2019)

 

Taxa de crescimento da produção industrial: 4,2% (estimativa 2017)

 

Taxas e impostos: 17,8% do PIB (em 2017)

 

Principais produtos agropecuários produzidos: batata, frutas, verduras e trigo.

 

Principais produtos industrializados produzidos: máquinas para a construção, ferro, aço, produtos químicos e construção naval.

 

Principais produtos exportados: máquinas e equipamentos de transporte, alimentos industrializados e bens de consumo.

 

Principais produtos importados: máquinas e equipamentos, produtos químicos e minérios.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): Alemanha, França, Reino Unido e Itália.

 

Principais parceiros econômicos (importação): Alemanha, Rússia, Holanda e Itália. 

 

Exportações (em 2017): US$ 221,4 bilhões

 

Importações (em 2017): US$ 221,8 bilhões

 

Saldo da balança comercial (em 2017): déficit de US$ 400 milhões

 

Organizações comerciais que participa: OMC, UE e OCDE.

Temas relacionados