Beethoven - biografia resumida

Beethoven foi um grande compositor de música clássica do classicismo e romantismo.

Beethoven: um dos gênios da música clássica
Beethoven: um dos gênios da música clássica

 

Quem foi


Ludwig van Beethoven foi um compositor alemão do final do século XVIII e início do XIX. É considerado um dos mais brilhantes compositores da história da música clássica.

 


Uma de suas obras mais conhecidas é a 9ª Sinfonia, que até os dias de hoje, é tocada em várias situações. Ao lado de Bach e Mozart, Beethoven considerado um dos grandes compositores de música clássica de todos os tempos.


Principais movimentos artísticos que pertenceu:

 

- Classicismo

 

- Romantismo

 

Biografia resumida

 

Beethoven nasceu na cidade de Bonn (Alemanha) em 16 de dezembro de 1770.


Conviveu com a música clássica desde a infância, pois seu pai era professor de música e tenor na corte de Bonn. Beethoven viveu uma época de transição musical, entre a era clássica e a romântica.


Aos 22 anos de idade mudou-se para a cidade de Viena (Áustria), onde construiu sua carreira. É autor de sonatas, quartetos, sinfonias e da ópera Fidélio, um de sus grandes criações. Em suas obras musicais passava um profundo sentimento e incomparável expressão.


Nos últimos anos de sua vida, sofreu de surdez. Mesmo com o problema de saúde, continuou criando lindas obras musicais.

 

Faleceu em 26 de março de 1827, aos 56 anos, na cidade de Viena (Império Austríaco), enquanto compunha sua 10ª sinfonia. A causa de sua morte foi cirrose hepática.

 

Retrato pintado de Beethoven

Retrato de Beethoven aos 44 anos (pintura feita por Louis-René L'étronne).

 




Algumas das principais obras de Beethoven:



- Três Sonatas para piano Op.2 (1795)


- Concerto para Piano Nº1 em Dó maior Op.15 (1795) Concerto para Piano No.1 em Dó maior Op.15 (1795).


- Sonata Nº8 em Dó menor Op.13 [Sonata Patética] (1798).


- Seis Quartetos de cordas Op.18 (1800).


- Sinfonia Nº1 em Dó maior Op.21 (1800).


- Sonata Nº21 em Dó maior Op.53 [Waldstein] (1804).


- Três Quartetos de cordas Op.59 [Rassumovsky] (1806).


- Fidélio (1814).


- Missa Solemnis Op.123 (1823).


- Sinfonia No.9 em Ré menor Op.125 (1824).


- Quarteto em Lá menor Op.132 (1825).

 

Curiosidade histórica

 

- Alguns biógrafos de Beethoven afirmam que o gênio da música clássica costumava jogar água gelada na cabeça antes de fazer suas composições.


Frase:

 

- "Eu jamais pensei em escrever música por reputação ou honra. O que possuo em meu coração precisa vir à tona; este é o motivo pelo qual eu componho".

 

 



Última revisão: 02/10/2020.

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

 

Temas relacionados