Celenterados

Celenterados são animais aquáticos de corpo mole, geralmente com tentáculos, que pertencem ao filo Cnidaria, incluindo medusas, anêmonas e corais.

Água-Viva: este celenterado pode causar queimaduras em seres humanos
Água-Viva: este celenterado pode causar queimaduras em seres humanos

 

O que são

 

Os celenterados, também chamados de cnidários (filo Cnidária) são animais invertebrados, na maioria, de vida marinha. O corpo destes animais está organizado em formato de saco, modificando-se para formar um pólipo. Algumas espécies apresentam tentáculos.

 

 

Características gerais dos celenterados:

 


Eles exibem simetria radial, o que significa que suas partes do corpo irradiam de um ponto central. Isso é diferente da simetria bilateral vista em animais superiores.


Estrutura Diploblástica: Seus corpos são compostos por duas camadas de células – a epiderme externa e a gastroderme interna, com uma substância semelhante a uma geleia chamada mesogleia no meio.


Presença de Cnidócitos: Eles possuem células especializadas chamadas cnidócitos, que contêm estruturas urticantes conhecidas como nematocistos. Essas são usadas para defesa e captura de presas.


Plano Corporal Simples: Seus corpos são relativamente simples, sem órgãos como coração, cérebro e pulmões. Eles têm uma boca, mas não ânus - a mesma abertura é usada para ingestão e egestão.


Habitat Aquático: A maioria dos celenterados são marinhos, com apenas algumas espécies encontradas em água doce.


Duas Formas Básicas: Eles existem em duas formas principais - o pólipo sésseis (por exemplo, anêmonas do mar) e a medusa de natação livre (por exemplo, águas-vivas). Algumas espécies podem alternar entre essas duas formas durante seu ciclo de vida.


Cavidade Gastrovascular: Eles têm uma cavidade gastrovascular, que funciona tanto na digestão quanto na distribuição de nutrientes, bem como na locomoção em algumas espécies.


Eles podem se reproduzir tanto sexualmente quanto assexuadamente. A reprodução assexuada é frequentemente por brotamento, enquanto a reprodução sexual envolve a liberação de gametas na água.


Em vez de um sistema nervoso central, eles têm uma rede de nervos, que é um sistema simples para transmissão de impulsos.



Classes de celenterados:



1. Hidrozoários


Apresentam corpo de formato pequeno e vivem em colônias. São semelhantes aos vegetais.

 

Exemplos: obélia, medusa, hidra e caravela

 

Foto de um celenterado chamado caravela portuguesa

Caravela-portuguesa (Physalia physalis): exemplo de hidrozoário.

 



2. Cifozoários


O formato do corpo é muito bem definido. Algumas espécies possuem corpo no formato de um guarda-chuva aberto. A consistência do corpo é mole, sendo que alguns cifozoários (água-viva, por exemplo) podem causar sérias queimaduras na pele dos seres humanos.

 

Exemplos: águas-vivas, Aurélia e algumas espécies de medusas.

 



3. Antozoários


Possuem hábitos de vida isolados ou em colônias. O formato mais comum do corpo é de um pólipo. Algumas espécies possuem esqueleto formado por carbonato de cálcio.

 

Exemplos: anêmonas-do-mar, actínias e corais.

 

Anêmonas-do-mar, exemplo de animal celenterado

Anêmonas-do-mar, exemplo de animal celenterado (cnidário).

 

 



Artigo revisado por Tânia Cabral - Professora de Biologia e Ciências - graduada na Unesp, 2001

Temas relacionados