Maria Bonita

Maria Bonita foi uma cangaceira e esposa de Lampião. Saiba mais na página a seguir.

Maria Bonita: a primeira mulher cangaceira
Maria Bonita: a primeira mulher cangaceira

 

Quem foi

 

Maria Gomes de Oliveira, mais conhecida pelo apelido de Maria Bonita, foi uma integrante de um grupo de cangaceiros, liderado por Lampião (rei do Cangaço).

 

Foi mulher, embora não casada oficialmente, de Lampião. É considerada a primeira mulher cangaceira do Brasil.

 

Biografia resumida de Maria Bonita 

 

Maria Bonita nasceu no dia 8 de março de 1911 no município de Paulo Afonso (norte do estado da Bahia). Viveu sua infância e adolescência no sítio dos pais. Adulta, resolveu aceitar o convite de Lampião para fazer parte de seu bando de cangaceiros. 

 

Teve coragem e resistência para enfrentar todos os tipos de dificuldades da vida no cangaço, durante oito anos. 

 

Maria Bonita e Lampião tiveram apenas uma filha, Expedita. 

 

Maria Bonita morreu na cidade de Poço Redondo (Sergipe) degolada, no dia 28 de julho de 1938, após ser capturada por policiais da volante junto com Lampião e outros cangaceiros do bando.

 

Foto de Maria Bonita sentada com dois cachorros ao lado

Maria Bonita: esposa do cangaceiro Lampião.

 

 

 



Última atualização em: 04/12/2020.

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).