Teodósio

O governo e as principais realizações desse importante imperador romano

Teodósio I: oficializou o cristianismo no Império Rormano.
Teodósio I: oficializou o cristianismo no Império Rormano.

 

Quem foi

 

Teodósio I foi imperador do Império Romano entre os anos de 378 e 395. Entre os últimos imperadores romanos, é considerado um dos mais importantes.

 

Seu nome completo era Flávio Teodósio. Nasceu em 11 de janeiro de 346 em Cauca (atual Segóvia, na Espanha). Faleceu em Milão, em 17 de janeiro de 395.

 

Principais realizações ocorridas em seu reinado:

 

- Teodósio oficializou o cristianismo, através do Édito de Tessalônica (380), tornando-a única, oficial e obrigatória em todo império.

 

- Em 381, proibiu todos os ritos pagãos (não cristãos).

 

- Dividiu o império em duas partes: Império Romano do Ocidente com capital em Roma e Império Romano do Oriente (Império Bizantino), com capital em Constantinopla.

 

- Na época em que governou, o Império Romano já estava em plena crise. As invasões de povos germânicos (chamados de bárbaros pelos romanos) já estava acontecendo em várias fronteiras e em grande quantidade.

 

- No ano de 392, Teodósio publicou outro edito, cujo objetivo era proibir a adoração pagã e os sacrifícios.

 

- Teodósio convocou o primeiro concílio de Constantinopla, em 381, para condenar as heresias contrárias ao Credo Niceno (que o imperador seguia e era considerado o oficial no império).

 

- Nos últimos anos de seu governo, dedicou-se a elaboração de leis para combater a corrupção, a venda de crianças, a falsificação de moedas e a violência praticada contra escravos.


Obra Santo Ambrósio e o imperador Teodósio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Santo Ambrósio e o imperador Teodósio (1619): obra de Anton van Dyck.



 

Publicado em 10/04/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).