Alberto de Oliveira

Alberto de Oliveira foi um escritor do parnasianismo brasileiro.

Alberto de Oliveira: importante poeta parnasiano brasileiro
Alberto de Oliveira: importante poeta parnasiano brasileiro


Quem foi

 

Antônio Mariano de Oliveira, que usava o pseudônimo de Alberto de Oliveira, foi um professor e poeta brasileiro do Parnasianismo. É considerado um dos principais poetas desse movimento literário.

 

Nasceu em Palmital de Saquarema (estado do RJ), em 28 de abril de 1857. Morreu na cidade de Niterói (estado do RJ), aos 79 anos, em 19 de janeiro de 1937.

 

Embora sua principal atividade tenha sido a produção literária, também trabalhou como farmacêutico (era formado no curso de Farmácia) e jornalista.



Principais características de suas obras:

 

Valorização da forma e presença de expressivo objetivismo.

 

Uso de linguagem correta, sem estrangeirismos e com presença de muitas palavras raras.

 

Interesse por temas universais, afastando-se de questões locais ou nacionais específicas. Essa característica é conhecida como Universalismo.

 

Escreveu sonetos, que até hoje são considerados de excelente qualidade e beleza.

 

Valorizou, em suas poesias, a natureza e os ambientes externos.



Foto do escritor Alberto de Oliveira
Alberto de Oliveira: um dos grandes nomes do parnasianismo brasileiro.

 

 

Principais obras de Alberto de Oliveira:

 

- Canções românticas (1877)

 

- Sonetos e poemas (1885)

 

- Meridionais (1884)

 

- Versos e rimas (1895)

 

- Poesias (1900)

 

- O Culto da Forma na Poesia Brasileira (1916)


- Ramo de Árvore. (1922)



Você sabia?

 

- Alberto de Oliveira foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, em 1897.

 

- Em 1924, foi escolhido como o "Príncipe dos Poetas Brasileiros", num concurso realizado pela revista Fon-Fon.

 

 

 



Artigo publicado em 29/12/2019 e atualizado em 23/05/2024

Revisado por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).