Alfred Sisley

Alfred Sisley foi um pintor impressionista francês do século XIX.

Alfred Sisley: importante representante do impressionismo
Alfred Sisley: importante representante do impressionismo

 

Quem foi


Alfred Sisley foi um importante pintor francês (com nacionalidade britânica) do século XIX. É considerado um dos grandes representantes do Impressionismo, destacando-se como paisagista. Estudou pintura com grandes representantes da arte europeia do século XIX como, por exemplo, Monet, Renoir e Frédéric Bazille.

 

Sua obra foi muito influenciada pelos seguintes artistas plásticos: Gustave Courbet (pintor realista francês), John Costable (pintor romântico inglês) e Willian Turner (pintor romântico inglês).



Biografia resumida

 

Alfred Sisley nasceu em 30 de outubro de 1839, em Paris, França, filho de pais britânicos ricos. Sua família mudou-se para Londres quando ele era jovem, onde inicialmente começou uma carreira empresarial para realizar os desejos de seu pai. No entanto, em 1862, regressou a Paris para estudar arte na École des Beaux-Arts e logo ingressou no estúdio de Charles Gleyre. Foi lá que conheceu futuros pintores impressionistas como Claude Monet e Pierre-Auguste Renoir.



Em 1866, Sisley conheceu Eugénie Lescouezec, com quem teve dois filhos, Pierre e Jeanne. A família enfrentou dificuldades financeiras ao longo da vida de Sisley, pois sua arte não vendia bem e o negócio de seu pai faliu em 1871, cortando um apoio financeiro significativo.



Durante a Guerra Franco-Prussiana (1870-187), Sisley viveu em Louveciennes, onde sua casa e muitas de suas obras de arte foram destruídas. A família mudou-se então para vários locais próximos à floresta de Fontainebleau, incluindo Moret-sur-Loing, que se tornaria um foco significativo em suas obras.



Sisley solicitou a cidadania francesa no final da década de 1880, mas foi recusado, permanecendo cidadão britânico por toda a vida. As dificuldades financeiras continuaram e sua saúde começou a deteriorar-se na década de 1890.



Apesar dos desafios, Sisley continuou a pintar até os últimos dias. Faleceu, aos 59 anos, na cidade de Moret-sur-Loing (França) em 29 de janeiro de 1899. Sua obra foi reconhecida apenas após sua morte.




Características de seu estilo artístico (pinturas):

 

• Uso de cores suaves e tons sutis.

 

• Pinturas marcadas pela leveza.

 

• Pinturas marcadas pela ênfase no céu e nos efeitos climáticos sobre as paisagens.

 

• Suas principais pinturas retratavam paisagens francesas e inglesas (Sisley viveu um tempo na Inglaterra).

 

• Suas obras muitas vezes exalam uma sensação de tranquilidade, capturando momentos de paz na natureza.

 

• Como muitos impressionistas, Sisley frequentemente pintava ao ar livre para capturar diretamente os efeitos da luz e da atmosfera.

 

• As figuras humanas raramente são o foco nas suas paisagens. Quando são incluídas, geralmente são secundárias em relação aos elementos naturais.

 

• Presença de tonalidade lírica marcada pela beleza.

 

Pintura mostrando um aqueduto

Aqueduto em Marly (1874): pintura de Alfred Sisley




Principais obras de arte (pinturas) de Alfred Sisley:

 

- O canal Saint-Martin em Paris (1870)

 

- A ponte em Argenteuil (1872)

 

- Ponte no Villeneuve-la-Garenne (1872)

 

- A máquina de Marly (1873)

 

- Regata em Hampton Court (1874)


- Aqueduto em Marly (1874)

 

- Neve em Louveciennes (1875)

 

- Prado (1875)

 

- As cheias em Port-Marly (1876)

 

- As margens do Oise (1877-78)

 

- Neve em Véneux (1880)

 

- A ponte e os Moinhos de Moret (1888)

 

Pintura A ponte e os Moinhos de Moret de Alfred Sisley

A ponte e os Moinhos de Moret (1888): obra do pintor impressionista francês de Alfred Sisley.

 

 

Pintura mostrando um campo com grama e algumas árvores

Prado (1875): pintura impressionista de Alfred Sisley.

 

 


 

Atualizado em 20/05/2024

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).