Arte Povera

Conceito, o que é arte povera, características, artistas e obras principais, arte moderna, resumo

Torsione (de Giovanni Anselmo): exemplo de arte povera
Torsione (de Giovanni Anselmo): exemplo de arte povera

 

 

Conceito (o que é)

 

Arte Povera, que em italiano significa “arte pobre”, foi um movimento artístico, que teve sua origem na Itália da década de 1960. Pertencente a contracultura, ganhou esse nome, pois os artistas criavam obras de arte utilizando materiais simples e sucatas.

 

Principais características da arte povera

 

- Uso de materiais simples (madeira, pedras, barro, carvão, folhas de árvores, areia) e sucatas (tecidos, ferro, isopor, borracha, pedaços de plásticos e etc.). 

 

- Busca da aproximação da obra de arte com o cotidiano das pessoas.

 

- Desvinculação do valor comercial do valor artístico das obras de arte.

 

- Crítica à sociedade de consumo e ao sistema capitalista de produção.

 

- Valorização das qualidades específicas dos objetos envolvidos na elaboração da obra de arte.

 

- Busca da reflexão sobre o uso que a sociedade dá aos produtos e objetos.

 

- Relação interativa entre a obra de arte e o artista e, muitas vezes, com o próprio público.

 

- Presença de grande criatividade e espontaneidade.

 

 

Principais artistas e suas obras

 

- Mario Merz – artista italiano, tem como uma de suas principais obras a Escultura de um iglu em pedra.

 

- Giovanni Anselmo – escultor italiano autor de: Specchio, Torsione e Infinito.

 

- Michelangelo Pistoletto – pintor e escultor italiano. Autor de obras como, por exemplo: Esfera dos jornais, Vietnam e Porta.

Temas relacionados