Pré-Modernismo no Brasil

O pré-modernismo foi uma fase da literatura brasileira na passagem do simbolismo para o modernismo.

Monteiro Lobato: importante escritor do Pré-Modernismo brasileiro
Monteiro Lobato: importante escritor do Pré-Modernismo brasileiro

 

O que foi - definição

 

O Pré-Modernismo foi um período da literatura brasileira, que teve seu desenvolvimento nas décadas de 1910 e 1920. Muitos estudiosos da literatura brasileira afirmam que foi um período de transição entre o simbolismo e o modernismo.

 

Contexto histórico

 

O Pré-Modernismo brasileiro situa-se no contexto histórico da consolidação da República. A expectativa de um novo Brasil, mais justo e moderno, com o advento do regime republicano foi frustrada. No novo regime, as desigualdades continuaram, a oligarquia se manteve no poder, a participação política ficou restrita às elites e os conflitos sociais (exemplos: Guerra da Vacina, Guerra do Contestado, Cangaço e Revolta da Chibata) pipocaram pelo Brasil. Foi este contexto que influenciou a produção literária das duas primeiras décadas do século XX.

 

Principais características do Pré-Modernismo no Brasil:

 

- Abordagem de problemas sociais brasileiros (desigualdade, conflitos, pobreza e exclusão social e política). Estes temas serão retratados, principalmente, nas obras de dois importantes escritores do período: Lima Barreto e Euclides da Cunha.

 

- Regionalismo: valorização de aspectos culturais de regiões do Brasil.

 

- Estética literária marcada por valores do Naturalismo.

 

- Mistura de estilos literários de escolas anteriores.

 

- Surgimento, em alguns escritores (Lima Barreto, por exemplo) do uso da linguagem coloquial.

 

- Surgimento, embora o conservadorismo ainda se faça presente, de inovações técnicas na forma de expressão literária.

 

Por não se tratar de uma escola literária, mas sim um período de transição, as características acima não estão presentes nas obras de todos os escritores pré-modernistas. Cada escritor possui seu próprio estilo e suas próprias temáticas de destaque.

 

Principais escritores pré-modernistas e suas obras:

 

- Lima Barreto – escritor carioca, autor de Triste Fim de Policarpo Quaresma.

 

- Monteiro Lobato – escritor paulista, autor de Cidades Mortas e Urupês.

 

- Graça Aranha – escritor maranhense, autor de Canaã.

 

- Euclides da Cunha – escritor carioca cuja principal obra foi Os sertões.

 

- João Simões Lopes Neto – escritor gaúcho, autor de Contos Gauchescos e Lendas do Sul.

 

- Augusto dos Anjos – poeta paraibano, autor da obra Eu.

 

 

Síntese do texto:

 

Período: início do século XX.

 

Principais obras (marcos iniciais): Os Sertões (1902) de Euclides da Cunha e Canaã (1902) de Graça Aranha.

 

Principais características: transição do século XIX para o XX, regionalismo, abordagem de questões sociais e mesclagem de estéticas literárias anteriores.

 

Você sabia?

 

- Na literatura portuguesa essa fase literária ficou conhecida como Saudosismo.


Foto de Euclídes da Cunha, escritor brasileiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Euclídes da Cunha (1866-1909): foi um dos principais escritores do pré-modernismo brasileiro.

 

 



atualizado em 15/07/2020

___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).