Bastet

Bastet era a deusa felina da religião e mitologia egípcia.

Bastet: deusa gato da mitologia egípcia
Bastet: deusa gato da mitologia egípcia

 

Quem era na religião egípcia

 

Na mitologia egípcia antiga, Bastet era uma deusa que representava a fertilidade, as mulheres grávidas, a maternidade, a feminilidade e a alegria do lar. Era filha do deus Rá (deus Sol), embora em alguns hieróglifos apareça também como filha do deus Amom.

 

Principais características da deusa Bastet:

 

- Em pinturas e relevos, encontrados principalmente em templos e pirâmides, Bastet aparece representada com corpo de mulher e cabeça de gato. Estátuas de gato de cor preta também eram usadas para representar esta deusa.

 

- O templo de culto à deusa Bastet ficava na cidade do Antigo Egito de Bubástis (região do delta do rio Nilo). Os egípcios faziam, neste templo, festas anuais em homenagem à deusa gato. Nestas festas, além das oferendas, eram enterrados gatos mortos próximos ao templo e arreadores da cidade.

 

- Os principais atributos associados à deusa Bastet no Egito Antigo eram: gato, cesta, faca e sistro (antigo instrumento musical, feito geralmente de bronze).

 

- Era considerada pelos egípcios como uma deusa de comportamento antagônico. Costumava ser benevolente, gentil e alegre. Porém, em algumas situações, foi retratada como sendo cheia de ira e fúria.

 

Curiosidade mitológica:

 

- Na mitologia grega, a deusa equivalente de Bastet era Ártemis.

 

Estátua da deusa Bastet

Estátua da deusa Bastet.

 

 

 

 



Última revisão: 06/10/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).