Egiptologia

O que é, temas estudados, objetivos principais, fontes estudadas, egiptólogo

Egiptologia: estudo histórico do Egito Antigo
Egiptologia: estudo histórico do Egito Antigo

 

O que é

 

A Egiptologia é um ramo da História que estuda cientificamente o Egito Antigo. Esta ciência conta com os conhecimentos de outras áreas de pesquisa como, por exemplo, Arqueologia e Epigrafia.

 

O pesquisador que atua nesta área é chamado de egiptólogo.

 

O período histórico estudado pela Egiptologia vai do início desta civilização (por volta do V milênio a.C.) até o domínio do Império Romano (século I a.C.).

 

Principais temas estudados:

 

- Vida dos faraós e as dinastias.

 

- Religião e mitologia dos antigos egípcios.

 

- Arte Egípcia (pinturas, esculturas).

 

- Arquitetura Egípcia (pirâmides, templos, palácios e casas).

 

- Relação dos egípcios com outros povos da antiguidade.

 

- O legado da cultura egípcia para as civilizações posteriores.

 

- A escrita egípcia (hieróglifos e escrita demótica).

 

Fontes históricas de pesquisa:

 

- Pirâmides (arquitetura, métodos de construção).

 

- Pinturas e relevos deixados nas paredes das pirâmides.

 

- Textos escritos na parte interna das pirâmides.

 

- Textos preservados em papiro.

 

- Corpos das múmias preservadas e encontradas dentro das pirâmides.

 

- Tumbas e objetos (principalmente joias) encontrados no interior das pirâmides.

 

- Relatos deixados por escritores estrangeiros sobre os egípcios.

 

Curiosidade:

 

- Um dos mais importantes egiptólogos foi o historiador francês Champollion (1790 – 1832), responsável por decifrar os hieróglifos a partir do estudo da Pedra de Roseta.

 

 

Última revisão: 10/10/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).