Gás de Xisto

O gás de xisto é gás de origem orgânica que pode ser utilizado para geração de energia elétrica.

Usina de gás de xisto nos Estados Unidos
Usina de gás de xisto nos Estados Unidos

 

O que é

 

O gás de xisto é um gás natural encontrado em formações de rochas sedimentares (presentes no subsolo). Este gás surge a partir do processo de decomposição de matérias orgânicas, provocado pelo calor e pressão encontrados em áreas profundas do subsolo. Portanto, este gás pode ser usado como fonte geradora de energia.

 

Ele vem sendo usado, principalmente nos EUA, para gerar energia elétrica para indústrias e residências (aquecimento doméstico e eletricidade doméstica).

 

Gás de xisto nos Estados Unidos

 

Desde o início deste século, o gás de xisto tem ocupado uma significativa participação na matriz energética dos Estados Unidos. O centro-oeste dos EUA é a região com as maiores reservas deste recurso e também com maior produção. 

 

Principais características:

 

O gás de xisto é um gás natural que fica aprisionado dentro de formações de xisto. Xistos são rochas sedimentares de grão fino que podem ser ricas fontes de petróleo e gás natural.


É tipicamente extraído usando fraturamento hidráulico ("fracking"), um processo onde água, areia e produtos químicos são injetados na rocha sob alta pressão para criar fraturas, permitindo que o gás flua para um poço.


Formações de xisto têm baixa permeabilidade, o que significa que o gás não flui facilmente através da rocha. É por isso que o fraturamento hidráulico é necessário para extrair o gás.


Recursos de gás de xisto são abundantes em muitas partes do mundo, contribuindo significativamente para o suprimento global de gás natural e alterando potencialmente os mercados de energia e a geopolítica.

 

Vantagens do gás de xisto

 

Como é um gás que gera, em sua queima, baixos índices de geração de gases do efeito estufa, ele pode ajudar a reduzir a poluição do ar e também o aquecimento global. Esta vantagem poderá aparecer, num futuro próximo, caso o gás de xisto substitua em larga escala mundial o uso de combustíveis fósseis e outras fontes de energia sujas (poluentes).

 

Assim como o gás convencional, ele possui boa qualidade para uso em residências e industrias, no tocante à geração de energia elétrica.



Desvantagens do gás de xisto:

 

O grande problema da exploração do gás de xisto se refere ao sistema de perfuração do solo na extração. Como este gás é encontrado em profundidades elevadas, a perfuração pode provocar a contaminação das águas, por produtos químicos, presentes em lençóis freáticos.

 

Outro problema é que estas perfurações também podem ocasionar a desestabilização do solo, ocasionando desmoronamentos e pequenos terremotos (detectados somente com sismógrafos sensíveis).

 

Assim como o petróleo, o gás de xisto não é uma fonte de energia renovável.  

 

Os investimentos iniciais para exploração são elevados, pois necessita de muita tecnologia. Isso ocorre, pois os poços de gás de xisto se encontram em profundidades de até 3.000 metros.

Foto de uma usina de gás de xisto nos EUA
Usina de gás de xisto nos EUA.



Você sabia?

 

- As maiores reservas de gás de xisto do mundo ficam na China. Outros países com grandes reservas de gás de xisto são: Estados Unidos, Argentina, Argélia, Canadá e México.

 

- Analistas do setor energético dizem que o gás de xisto se tornará, nas próximas décadas, uma das maiores fontes energéticas do planeta.

 

- As principais reservas de gás de xisto no Brasil ficam no subsolo dos seguintes estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

 



Atualizado em 19/12/2023