Matriz Energética

A matriz energética é um conjunto de fontes de energia utilizado por um país.

O uso da energia eólica aumenta a cada ano na matriz energética mundial.
O uso da energia eólica aumenta a cada ano na matriz energética mundial.


O que é (definição)

 

Matriz energética é um termo utilizado para referir-se a todos os tipos de energia (fontes energéticas) colocados para o consumo no país.

 

Após oferecida pelos setores de geração, a energia é consumida nas diversas áreas da economia como, por exemplo, industrias, transportes, eletricidade residencial, comércio, serviços e até para manter em funcionamento as próprias geradoras de energia.


Principais componentes (tipos de energia) que podem fazer parte de uma matriz energética:

 

- Derivados de petróleo (gasolina, óleo diesel, querosene de aviação, entre outros).

 

- Cana-de-açúcar (álcool combustível).

 

- Gás natural

 

- Fontes hidráulicas (energia elétrica gerada em usinas hidrelétricas).

 

- Carvão mineral

 

- Urânio (utilizado em usinas nucleares)

 

- Vento (produção de energia elétrica de origem eólica).

 

- Biomassa

 

- Gás industrial

 

Imagem de um carro sendo abastecido com combustível

Carro sendo abastecido com combustível: derivados do petróleo são a principal fonte de energia mundial da atualidade.

 

 

 

 

 

A Matriz Energética do Brasil (dados de 2022)

 

 

 

RENOVÁVEIS - 47,4%

 

 

Biomassa da cana - 15,4%

 

Biocombustíveis como, por exemplo, o etanol.

 

Hidráulica - 12,5% (inclui importação de eletricidade)

 

Importante fonte de produção de energia elétrica no Brasil. É gerada nas usinas hidrelétricas instaladas em rios.

 

Eólica - 2,3%

 

Energia limpa e renovável gerada pelo vento. O Brasil tem grande potencial e sua produção está aumentando a cada ano. Cerca de 80% desse tipo de energia é produzido na região Nordeste do Brasil.

 

Solar (fotovoltaica e térmica) - 1,2%

 

Também conhecida como energia solar, é utilizada em residências e também em empresas.

 

Lenha e carvão vegetal: - 9%

 

Usada, principalmente, por pequenas empresas e residências.

 

Lixívia e outras renováveis: - 9%

 

 

 

 

NÃO RENOVÁVEIS - 52,6%




Petróleo e derivados - 35,7%

 

Principal fonte de energia para motores de veículos. Além de não ser renovável, é altamente poluente.

 

Carvão Mineral e derivados - 4,6%

 

Usado principalmente em termelétricas. Dado inclui gás de coqueria.



Gás Natural - 10,5%

 

Uso principalmente em automóveis e residências.

 

Nuclear - 1,3%

 

Energia limpa produzida nas usinas de Angra 1 e Angra 2 no estado do Rio de Janeiro. Uso de urânio (U308) e derivados.

 

 

Outras não renováveis - 0,6%




 

Oferta total da matriz energética brasileira: 689,1 TWh

 

* Fontes dos dados: BEN 2023 (Balanço Energético Nacional)


 

 

Você sabia?

 

- Na década de 1940, cerca de 80% da energia gerada no Brasil era proveniente da queima de lenha. 

 

- A iluminação elétrica está presente em 99,8% dos domicílios particulares permanentes no Brasil.

 

- Na matriz energética mundial, apenas 15% (dados de 2022) é composta por fontes renováveis.

Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Usina Hidrelétrica de Belo Monte: localizada no rio Xingu (Pará): é a maior exclusivamente brasileira.