Acalantos

O que são, cantigas de ninar, exemplos de letras de acalantos folclóricos, bicho-papão, nana, nenê, boi da cara preta

Acalantos: as cantigas do ninar são expressões do folclore brasileiro
Acalantos: as cantigas do ninar são expressões do folclore brasileiro

 

O que são - definição

 

Os acalantos, também conhecidos como cantigas de ninar ou cantigas de berço, são canções tranquilas e ingênuas cantadas para as crianças adormecerem. Possuem letras repetitivas, que favorecem, através da monotonia, a chegada do sono da criança.

 

As letras das cantigas de ninar são simples e tratam de temas (geralmente rurais) ligados ao universo infantil e ao folclore nacional. Por isso, são consideradas manifestações do folclore brasileiro.

 

Os acalantos são de autoria desconhecida e fazem parte da cultura popular do Brasil. São transmitidas oralmente de geração para geração. As letras costumam variar um pouco de região para região.

 

Exemplos de letras de acalantos

 

Bicho-papão

 

Bicho-papão,

Dai de cima do telhado,

Deixa o meu menino (a),

Dormir sossegado (a).

 

Nana, nenê

 

Nana nenê, que a Cuca vem pegar.

Se não dormir depressa, ela vai te assustar.

Nana, nenê, que a Cuca vem pegar.

Papai foi na roça, mamãe foi trabalhar.

 

Boi da cara preta

 

Boi, boi, boi.

Boi da cara preta.

Pega esse menino.

Que tem medo de careta!

 

Dorme, dorme

 

Dorme, dorme, meu filhinho,

É noite e papai já veio.

Teu irmãozinho também dorme,

Embalado no meu seio.

Dorme, dorme, meu filhinho,

Que os passarinhos já estão dormindo,

E as estrelas cintilantes,

Lá no seu estão luzindo.

 

Embala José

 

Embala, José,

Que a senhora logo vem.

Foi lavar seu cueirinho,

No riacho de Belém.

 

 

Última revisão: 20/09/2019
___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).