Rio Níger

O Níger é o maior rio da costa ocidental do continente africano.

Níger: principal rio da África Ocidental
Níger: principal rio da África Ocidental


Localização geográfica


O rio Níger é o maior rio da costa Oste do continente africano. Está localizado na região oeste da África e é considerado o principal rio desta área.



Dados geográficos, hidrográficos, características e outras informações:

 

- Nascente: na região de fronteira da Guiné com Serra Leoa.

 

- Altitude na nascente: cerca de 490 metros acima do nível do mar.

 

- Foz: Delta do Níger no Oceano Atlântico.

 

- Comprimento: 4.180 km

 

- Países por onde passa: Guiné, Mali, Níger, Benim e Nigéria.

 

- Principais afluentes: rio Sokoto, rio Benue, rio Kaduna e rio Anambra.

 

- Área da bacia: 2.111.700 km²

 

- Caudal médio: 5.700 m³/s.

 

- Principais cidades nas margens do rio Níger: Bamako, Lokoja, Ségou, Mopti, Timbuktu, Niamev e Onitsha.



Curiosidade:

 

O rio Níger possui diversos nomes na África Ocidental. Cada povo africano da região tem um nome específico, em seu próprio idioma, para fazer referência ao rio. Em tuareg (língua berbere), por exemplo, ele é chamado de Egerew n-Igerewen, que significa “rio dos rios”.

 

Foto de um trecho do rio Níger na África

Rio Níger na África: um dos principais cursos de água do continente africano.

 

 

O uso do rio Níger pelo ser humano

 

O rio Níger desempenha um papel crucial na vida das pessoas que residem em sua bacia, abrangendo vários países. É uma artéria vital para a agricultura, que é a principal ocupação das pessoas nesta região. As planícies de inundação do rio são excepcionalmente férteis, tornando-as ideais para atividades agrícolas, incluindo o cultivo de arroz, sorgo e milheto.

 

Além da agricultura, a pesca é outra atividade significativa. O rio Níger abriga uma diversidade de espécies de peixes, sustentando uma indústria pesqueira vibrante que não só fornece alimentos para o consumo local, mas também atua como fonte de renda para muitas comunidades. A água do rio também é utilizada para gado e fins domésticos, tornando-se uma parte integral da vida cotidiana na região.


Além do seu uso direto na agricultura e na pesca, o rio Níger também é central para transporte e comércio. Historicamente, serviu como uma rota comercial crucial na África Ocidental, facilitando a troca de mercadorias e interações culturais entre diversos povos. Ainda hoje, permanece uma importante artéria de transporte, especialmente em países sem litoral como o Mali, onde o acesso a portos marítimos é limitado. O rio permite o transporte de mercadorias e pessoas entre áreas rurais e cidades, contribuindo significativamente para as economias locais. Além disso, há esforços para aproveitar o rio para energia hidrelétrica, com a construção de barragens como a Barragem de Kainji na Nigéria, que fornece uma quantidade substancial de eletricidade para a região.