Restinga

O que é, exemplos, características principais, locais com presença de restinga no Brasil, bibliografia, preservação, bioma

Restinga da Marambaia no litoral do estado do Rio de Janeiro
Restinga da Marambaia no litoral do estado do Rio de Janeiro

 

O que é (definição)

 

Em Geografia, restinga é uma área, próxima ao mar, formada por um banco de areia. As restingas possuem vegetação adaptadas para o local, sendo composta, principalmente, por plantas arbustivas e herbáceas.

 

Formação

As restingas são formadas por depósitos de sedimentos e areia e, geralmente, possuem formato alongado (bloqueiam uma reentrância do mar). Algumas restingas são formadas nos deltas de rios, através do acúmulo de sedimentos trazidos pelas águas fluviais.

 

Presença no Brasil:

 

No Brasil, existem restingas nos litorais dos seguintes estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Sergipe, Alagoas e Espírito Santo.

 

Principais características:

 

- Solo arenoso, ácido e pobre em nutrientes.

 

- A vegetação da restinga recebe grande influência marinha (umidade, temperatura, salinidade, etc.).

 

- A vegetação, geralmente, apresenta-se em mosaico.

 

- A vegetação é muito dependente do solo.

 

Exemplos de restingas no Brasil

 

- Restinga da Marambaia (litoral do estado do Rio de Janeiro).

 

- Restinga da Praia de Itaguaré (litoral do estado de São Paulo).

 

- Restinga da Jurubatiba (litoral Norte do estado do Rio de Janeiro).

 

- Restinga de Massambaba (litoral do estado do Rio de Janeiro).

 

- Restinga de Bertioga (litoral do estado de São Paulo).

 

Preservação ambiental e importância para os ecossistemas marinhos

 

As áreas com presença de restingas no Brasil são protegidas por leis ambientais. Portanto, elas devem ser preservadas. As restingas são usadas como habitat por várias espécies animais e, portanto, são componentes importantes dos biomas litorâneos, assim como os mangues.