Rio Parnaíba

Localização, dados hidrográficos, nascente e foz, principais afluentes, resumo, foto do rio, extensão, curiosidade, importância

Rio Parnaíba: um dos principais da região Nordeste do Brasil
Rio Parnaíba: um dos principais da região Nordeste do Brasil

 

Principais dados hidrográficos:

 

- Extensão do rio: 1.485 km

 

- Nascente: Serra da Tabatinga e Chapada das Mangabeiras (no limite entre os estados da Bahia, Maranhão e Tocantins). O rio Parnaíba tem origem na união das águas dos rios Curriola, Lontras e Águas Quentes.

 

- Altitude da nascente: aproximadamente 700 metros.

 

- Foz: no Oceano Atlântico, na cidade de Parnaíba (litoral do estado do Piauí). A foz é composta pelo Delta do Rio Parnaíba.

 

- Principais afluentes: rio Gurguéia, rio Balsas, Canindé, Piauí, Longa, Poti e Uruçuí-preto.

 

- Extensão do vale do rio: 325.834 km²

 

- Principais biomas atravessados pelo rio: Cerrado, Caatinga e bioma Costeiro (principalmente mangues).

 

- Quantidade de municípios existentes no vale do rio: 279

 

- População que habita a região do vale do rio: cerca de 4,85 milhões de habitantes.

 

Importância:

 

- Irrigação para a agricultura.

 

- Abastecimento de água para cidades (residencial, industrial e comercial).

 

- Transporte de mercadorias e pessoas.

 

- Ecoturismo (principalmente na região do delta do Parnaíba).

 

- A pesca é praticada em alguns trechos sem poluição.

 

- Geração de energia elétrica, através de usinas hidrelétricas. Exemplo: Usina Hidrelétrica de Boa Esperança, que abastece o estado do Piauí.

 

Curiosidade:

 

A palavra Parnaíba é de origem indígena (tupi-guarani). Em tupi, a palavra significa “rio de águas barrentas”.