Zona Urbana e Zona Rural no Brasil

Dados sobre a população urbana e rural no Brasil atual, história da migração da zona rural para a urbana, porcentagens por regiões, bibliografia indicada, êxodo rural

Brasil: cerca de 85% da população vive na zona urbana e 15% na rural
Brasil: cerca de 85% da população vive na zona urbana e 15% na rural

 

Introdução: processo de urbanização do Brasil e o êxodo rural

 

Há cem anos, grande parte da população brasileira vivia na zona rural. Nosso país possuía uma economia quase totalmente agrícola, logo, o campo oferecia a maior parte dos empregos.

 

Porém, a partir da década de 1930, esse quadro começou a mudar com o forte desenvolvimento das indústrias e dos serviços nas cidades. As cidades, principalmente das regiões sudeste e sul passaram por grandes transformações urbanas e começaram a atrair pessoas do campo em busca de trabalho e melhores condições de vida. Teve início ao êxodo rural (saída das pessoas da zona rural para a zona urbana), cujo auge foi nas décadas de 1970 e 1980, e que continua até os dias atuais.

 

Além do desenvolvimento industrial nas grandes cidades, a mecanização da produção agrícola também atuou como grande responsável pela fuga de pessoas da zona rural para a zona urbana.

 

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), atualmente cerca de 85% da população brasileira vive na zona urbana (dados referentes ao ano de 1985). Logo, somete 15% das pessoas ainda residem no campo.

 

Quadro geral da população urbana e rural no Brasil:

 

- População residente na zona urbana: 84,72%

 

- População residente na zona urbana: 15,28%

 

Por regiões:

 

- Região Norte: 75% dos habitantes vivem na zona urbana e 25% vivem na zona rural.

 

- Região Nordeste: 73% dos habitantes vivem na zona urbana e 27% vivem na zona rural.

 

- Região Centro-Oeste: 90% dos habitantes vivem na zona urbana e 10% vivem na zona rural.

 

- Região Sudeste: 93% dos habitantes vivem na zona urbana e 7% vivem na zona rural.

 

- Região Sul: 86%  dos habitantes vivem na zona urbana e 14% vivem na zona rural.

 

Fonte dos dados: IBGE (Pnad de 2015).