Extrativismo e suas características

Extrativismo é uma atividade econômica voltada para a extração mineral ou vegetal da natureza.

Extrativismo vegetal (borracha) na Floresta Amazônica
Extrativismo vegetal (borracha) na Floresta Amazônica

 

Definição (o que é)

 

Extrativismo é um conjunto de atividades econômicas relacionadas à coleta ou extração de recursos naturais do meio ambiente. 

 

Tipos de extrativismo e exemplos

 

As duas formas mais comuns de extrativismo na atualidade são o vegetal e o mineral. No Brasil, por exemplo, o extrativismo vegetal ocorre com maior intensidade na região Norte, com a extração de borracha, castanhas e madeira. Este extrativismo é realizado de forma individual, coletiva ou por empresas. 

 

O extrativismo mineral, que demanda o investimento de altos recursos, é realizado geralmente por grandes empresas. No Brasil, as principais atividades extrativistas minerais são: minério de ferro, petróleo, ouro, bauxita, níquel, manganês, estanho, cobre, diamante, nióbio, entre outros.

 

Extrativismo e impactos no meio ambiente 

 

O extrativismo deve ser realizado sempre de forma a respeitar a natureza. O extrativismo predatório pode provocar sérios danos ao meio ambiente. O corte de madeira ilegal, por exemplo, pode gerar a desertificação das regiões afetadas, alterando o clima e trazendo fortes impactos para o ecossistema.

 

Extrativismo de minério de ferro no Brasil

Extrativismo de minério de ferro no Brasil.

 

 

Extrativismo na História 

 

É uma das atividades mais antigas da humanidade, sendo que pinturas rupestres indicam que o extrativismo vegetal já era praticado na Pré-História.

 

Foto mostrando um trabalhador fazendo extrativismo de castanhas
Extrativismo vegetal (na foto, de castanhas): atividade econômica muito comum na região Norte do Brasil.

 

 

 

Principais atividades extrativistas realizadas no Brasil

 

Um dos pontos fortes da economia brasileira é o extrativismo. Nosso país conta com atividades extrativistas de diversos tipos e realizadas em várias regiões do Brasil. Grande parte dos produtos, originários dessa atividade, são exportados.

 

Entre as principais atividades extrativistas, realizadas no Brasil, podemos citar:

 

- Extração de carvão mineral.

 

- Extração de petróleo e gás natural.

 

- Extração de minerais metálicos (minério de ferro, ouro, bauxita, etc.).

 

- Extração de minerais não-metálicos (argila, pedras, gipsita, basalto, sais minerais, areia, entre outros).

 

- Extrativismo vegetal de madeira, palmito, babaçu, carnaúba, piaçava, carvão vegetal, buriti (o buritizeiro é uma palmeira de grande porte que se extrai fruto e fibra), castanha-de-caju e coco. As regiões Norte (principalmente a floresta amazônica) e Nordeste concentram grande parte das atividades extrativistas vegetais no Brasil.

 

- Atividades de apoio à extração de minerais.

 

Você sabia?

 

- O extrativismo que gera danos ao meio ambiente é chamado de "extrativismo predatório".

 

- Existem leis no Brasil para garantir que as atividades extrativistas não sejam causadoras de problemas ao Meio Ambiente. Qualquer empresa que vai realizar atividades extrativistas necessita fazer estudos de impacto ambiental e seguir diversas normas e procedimentos. Através do extrativismo sustentável, o desenvolvimento econômico não prejudica nossa natureza e só gera benefícios para o país.

 

Extrativismo de minério de ferro no Brasil

Extrativismo de minério de ferro: uma das principais atividades extrativistas do Brasil atual.

 

 



atualizado em 09/12/2020.