Governo Provisório no Brasil (1889 - 1891)

Resumo das principais características do governo provisório de Deodoro, o que foi, medidas tomadas, período, contexto histórico, quem chefiou o Brasil entre 1889 e 1891.

Marechal Deodoro da Fonseca: chefiou o Governo Provisório no Brasil de 1889 a 1891
Marechal Deodoro da Fonseca: chefiou o Governo Provisório no Brasil de 1889 a 1891

 

O que foi (contexto histórico)

 

O governo provisório foi um período da História do Brasil entre 1889 e 1891. Ele começou em com a Proclamação da República (15/11/1889), colocando no poder o Marechal Deodoro da Fonseca. Ele foi considerado provisório, pois teria como objetivo fazer a transição da Monarquia para a República e deveria existir até a escolha (eleição) do presidente pelo Congresso Nacional. Isso ocorreu no mês de março de 1891.

 

Resumo das principais características e medidas do Governo Provisório de Deodoro:

 

- Estabeleceu o processo de transição administrativa e política do regime monárquico para o republicano.

 

- Convocou eleições para a formação de uma Assembleia Constituinte para elaborar um nova Constituição (republicana) para o Brasil.

 

- Composição dos ministérios com integrantes da elite rural (principalmente ricos cafeicultores) e membros da classe média (principalmente profissionais liberais e militares de alta patente).

 

- O Governo Provisório expulsou a família real brasileiro do país.

 

- Dissolveu o Senado e a Câmara dos Deputados, que funcionavam no período monárquico.

 

- A denominação das províncias mudou para estados.

 

- Colocou interventores federais nos municípios e nos estados. Nesse contexto, o governo provisório acabou com as Câmaras Municipais e as Assembleias Estaduais.

 

- Determinou a separação dentre Estado e Igreja, sendo que o Estado passou a ser laico.

 

- Na área econômica, o Ministro da Fazenda, Rui Barbosa, colocou em execução um plano econômico que ficou conhecido como Encilhamento. Com o objetivo principal de alavancar o desenvolvimento econômico do país, foram criadas taxas de importação para proteger a indústria nacional e facilidades para aberturas de empresas. Além disso, a política de Rui Barbosa aumentou a emissão de dinheiro. O Encilhamento foi um grande fracasso, pois aumentou a inflação e possibilitou fraudes econômicas (aberturas de empresas fantasmas para obtenção de créditos).

 

 

Última revisão: 17/09/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).