Novelas de Cavalaria

O que são, resumo, exemplos, características, trovadorismo, lendas do rei Arthur e Santo Graal, literatura medieval

Amadis de Gaula: exemplo de novela de cavalaria
Amadis de Gaula: exemplo de novela de cavalaria

 

O que são


As novelas de cavalaria, também chamadas de romances de cavalaria, foi um gênero literário escrito em prosa, típico da Idade Média. Foi na Espanha, Inglaterra, França, Itália e Portugal que as novelas de cavalaria tiveram grande êxito, tornando-se populares. O auge deste gênero literário foi entre o fim do século XV e começo do XVII, no contexto da fase inicial do Trovadorismo.

 

As novelas de cavalaria mais conhecidas são as que retrataram a busca pelo Santo Graal na Idade Média, assim como as lendas do Rei Arthur.

 

Características das novelas de cavalaria


- Relatavam, em sua maioria, grandes aventuras e atos de coragem dos cavaleiros medievais.

 

- No enredo destes romances, os acontecimentos tinham mais importância do que os personagens.

 

- Aventuras sem fim com várias possibilidades de continuação (sequências).

 

- Amor idealizado do cavaleiro pela dama que amava (amor cortês). Este amor, quase sempre, era impossível. As histórias costumavam terminar de forma trágica, sem o final feliz.

 

- Provação da honra, lealdade e coragem do cavaleiro em várias situações como, por exemplo, batalhas, aventuras, torneios e lutas contra monstros imaginários.

 

- Alguns temas ligados às batalhas entre cristãos e muçulmanos durante as Cruzadas Medievais.

 

- As novelas de cavalaria foram marcadas fortemente pela tradição oral.

 

- Glorificação da violência na Idade Média.

 

- Referências a períodos históricos e míticos do passado.

 

- Eram narradas em capítulos.

 

- Uso de locais geográficos irreais (falsos) imaginários como, por exemplos, terras fantásticas e míticas.

 

- Apresentação de códigos de conduta próprios dos cavaleiros medievais.

 

Exemplos


- O Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda


- Amadis de Gaula


- Las sergas de Esplandián


- Palmerín de Oliva


- Primaleón


-  Floriseo