Economia da Espanha

Características econômicas da Espanha, dados econômicos, aspectos da economia espanhola, PIB

Indústria têxtil: um dos destaques da economia da Espanha
Indústria têxtil: um dos destaques da economia da Espanha

 

Principais características atuais

 

Após apresentar significativo desenvolvimento econômico na década de 1990 até 2007, a Espanha sentiu fortemente o impacto da crise econômica mundial iniciada em 2008. Até hoje (2018), os espanhóis sofrem com o elevado índice de desemprego (principalmente entre os jovens) e elevada dívida pública. Porém, a economia tem apresentado sinais significativos de recuperação nos últimos dois anos. As reformas econômicas dos últimos anos (principalmente cortes de gastos públicos) já estão surtindo o efeito desejado. A recuperação dos outros países da Europa também está ajudando a economia espanhola. A Espanha é a 17ª maior economia do mundo (em volume de PIB - 2017).

 

Principais dados da economia da Espanha

 

Principais setores econômicos: indústria, finanças, serviços, tecnologia, turismo e agricultura.

 

Moeda: Euro (símbolo €)

 

PIB (nominal): US$ 1,307 trilhão (em 2017)

 

PIB per capita: US$ 38.200 (em 2017).

 

Taxa de crescimento do PIB: +3,1%  (em 2017)

 

Composição do PIB por setor da economia: serviços (74,2%), indústria (23,2%) e agricultura (2,6%) - (em 2017).

 

Força de trabalho (em 2017):  22,75 milhões de trabalhadores ativos.

 

Taxa de desemprego: 17,1 % (em 2017)

 

Investimentos: 19,8% do PIB (2017 - estimativa)

 

População abaixo da linha de pobreza: 16,4% (em 2017)

 

Dívida Pública: 96,7% do PIB (em 2017)

 

Dívida externa: US$ 2,110 trilhões (estimativa para dezembro de 2017)

 

Taxa de Inflação: 2% (em 2017)

 

Taxa de crescimento da produção industrial: 2,6% (ano de 2017).


Carga tributária (impostos e taxas): 37,7% do PIB (em 2017).

 

Principais produtos agropecuários produzidos: grãos, vegetais, azeitonas, frutas cítricas, beterraba (principalmente para a produção de açúcar) e uva para vinho.

 

Principais produtos industrializados produzidos: tecidos, calçados, alimentos industrializados, bebidas, produtos químicos, máquinas, metais, ferramentas e automóveis.

 

Principais produtos exportados: veículos, máquinas, motores, remédios e alimentos industrializados.

 

Principais produtos importados: máquinas, equipamentos, combustíveis, produtos químicos e produtos alimentícios.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): França, Alemanha, Portugal, Reino Unido e Itália.

 

Principais parceiros econômicos (importação): Alemanha, França, Itália, China e Holanda. 

 

Exportações (em 2017): US$ 301,5 bilhões

 

Importações (em 2017): US$ 333,4 bilhões

 

Saldo da balança comercial (em 2017): déficit de US$ 31,9 bilhões

 

Organizações comerciais que participa: União Europeia, OCDE.