Gonçalves Dias

Quem foi Gonçalves Dias, principais poesias, obras principais, biografia resumida, estilo literário, resumo, influências literárias, temas do romantismo abordados em suas obras

Gonçalves Dias: importante poeta do romantismo brasileiro
Gonçalves Dias: importante poeta do romantismo brasileiro

 

Quem foi

 

Gonçalves Dias foi um jornalista, advogado, etnógrafo, teatrólogo e poeta brasileiro. É considerado um dos principais representantes do Romantismo do século XIX. Fez parte da Primeira Geração do Romantismo, também conhecida como geração indianista ou nacionalista.

 

Biografia resumida

 

- Gonçalves Dias nasceu na cidade de Caxias (Maranhão), em 10 de agosto de 1823.

 

- Em 1840 foi estudar Direito na Universidade de Coimbra. Formou-se advogado e retornou para o Brasil em 1845.

 

- Em 1849, Gonçalves Dias fundou, em parceria com Manuel de Araújo Porto-Alegre (jornalista, pintor e escritor romântico) e Joaquim Manuel de Macedo (romancista e poeta) a revista Guanabara, importante divulgadora do movimento romântico daquele período. Nesse mesmo an,o foi nomeado professor de História do Brasil e Latim no Colégio Pedro II.

 

- Em 1851 retornou para São Luís (Maranhão), a pedido do governador para estudar o problema educacional no estado.

 

- Em 1852, casou-se com Olímpia da Costa. Com ela, teve apenas uma filha: Joana da Costa Gonçalves Dias. Nesse mesmo ano assumiu o cargo de oficial da Secretaria dos Negócios Estrangeiros. Foi morar na Europa e por lá ficou quatro anos.

 

- Retornou para o Brasil em 1956 e trabalhou na Comissão Científica de Exploração. Viajou, nesse período pela região Norte do Brasil.

 

- Em 1862, retornou para a Europa para fazer um tratamento de saúde.

 

- Em 1864, enquanto voltava de navio para o Brasil, a embarcação naufragou na costa brasileira.

 

- Faleceu no no baixo dos Atins (Maranhão), aos 41 anos, em 3 de novembro de 1864.


Resumo das principais características de seu estilo literário:

 

- Foi influenciado pela literatura romântica portuguesa, principalmente de Almeida Garrett e Alexandre Herculano, no período em que estudou Direito na Universidade de Coimbra (Portugal).

 

- Representação romântica e valorização do indígena brasileiro e sua cultura. Ele é considerado um dos principais representantes do Indianismo na Literatura Brasileira.

 

- Poesias escritas buscando sempre a perfeição rítmica e formal.

 

- Poemas marcados pela presença de rima, musicalidade e métrica.

 

- Retratou também, de forma positiva, os negros.

 

- Exaltou as belezas naturais do Brasil.

 

- Retratou temas ligados aos valores medievais (principalmente dos cavaleiros), transportados para o contexto brasileiro.

 

- Abordou também a religiosidade de caráter cristão.

 

- Em suas poesias, abordou o sentimentalismo.

 

Principais obras e poesias de Gonçalves Dias:

 

- Canção do exílio (1843) - poesia romântica


- Primeiros cantos (1846) - poesia


- Leonor de Mendonça (1847) - teatro


- Segundos cantos e Sextilhas de Frei Antão (1848) - poesia


- Meditação (1850)


- Últimos cantos (1851) - poesia


- I-Juca-Pirama (1851) - poema indianista


- Cantos (1857) - poesia


- Os Timbiras (1857)

 

- Dicionário da língua Tupi (1858)


 

Você sabia?

 

- Gonçalves Dias é o patrono da cadeira número 15 da Academia Brasileira de Letras.

 

Um dos trechos de poemas mais lindos e conhecidos de Gonçalves Dias:

 

"Minha terra tem palmeiras,

Onde canta o sabiá;

As aves que aqui gorjeiam,

Não gorjeiam como lá."

          (Gonçalves Dias, "Canção do Exílio", 1843)

 

Estátua de Gonçalves Dias na cidade de São Luís

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estátua de Gonçalves Dias na cidade de São Luís (Maranhão).

 

 

 

revisado e atualizado em 12/06/2020

___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).