Segunda Geração do Romantismo no Brasil

Essa geração de escritores brasileiros também ficou conhecida como Ultraromântica.

Álvares de Azevedo: escritor da Segunda Geração do Romantismo
Álvares de Azevedo: escritor da Segunda Geração do Romantismo


Introdução e período

 

Esta Segunda Geração do Romantismo brasileiro ficou também conhecida como ultrarromântica ou “geração byroniana”. Os escritores brasileiros desta geração foram fortemente influenciados pelas obras do poeta francês Alfred de Musset e do poeta britânico Lord Byron.

 

Seu marco inicial é a publicação de Poesia, em 1853, de Álvares de Azevedo. Esta fase vai até o ano de 1869, ano da publicação do poema O Navio Negreiro de Castro Alves.

 

Características principais da segunda geração romântica:

 

- Presença, nas obras, de forte egocentrismo, melancolia, pessimismo e negativismo.

 

- Abordagem de temas retratando a fuga da realidade. Esta é vista e sentida pelos escritores ultrarromânticos como sendo entediante e cheia de desilusões.

 

- Presença de sentimentos ligados à exaltação da morte e idealização da infância (como estratégia de fuga da realidade).

 

- Presença constante e até exagerada do sentimentalismo.

 

- Valorização de imagens e cenas ligadas à noite. Relação com temas fúnebres.

 

- A mulher, quando retratada, é distante e idealizada pelo poeta.

 

- Valorização da vida boemia.

 

- Busca do poeta pelo envolvimento sentimental do leitor.

 

- Escapismo (fuga da realidade da vida) para uma realidade alternativa e imaginária, produzida por sonhos e fantasias.

 

- Os poemas ultrarromânticos são espécies de desabafos dos poetas em relação aos problemas sentimentais e tristezas pelas quais estão passando.

 

Principais autores e suas obras:

 

- Álvares de Azevedo, autor de Lira dos vinte anos; Noite na Taverna e Macário (peça de teatro).

 

- Fagundes Varela, autor de Noturnas; Cantos e Fantasias e Anchieta ou O Evangelho nas Selvas.


- Casimiro de Abreu, autor de As Primaveras e A cabana.

 

- Junqueira Freire, autor de Inspirações do Claustro e Contradições poéticas.

 

- Laurindo Rabelo, autor de Trovas.

 

Capa do livro As Primaveras de Casimiro de Abreu com a foto do autor na capa

As Primaveras de Casimiro de Abreu: uma das principais obras do Segunda Geração do Romantismo.

 

 

Curiosidade:

 

- Muitos dos poetas do ultrarromantismo morreram ainda jovens em função da vida desregrada, marcada por exageros (bebidas, cigarro) e falta de cuidados com a saúde. Casimiro de Abreu, por exemplo, morreu com apenas 21 anos de idade.

Retrato do poeta brasileiro Casimiro de Abreu

Casimiro de Abreu (1839-1860): importante poeta do Ultrarromantismo na Literatura Brasileira.

 

 



atualizado em 06/01/2021

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).