Novos Tigres Asiáticos

Quais são os novos tigres asiáticos, economia, características principais, resumo, atividades econômicas de destaque, o que são, definição

Jacarta: capital da Indonésia (mais rico entre os novos tigres)
Jacarta: capital da Indonésia (mais rico entre os novos tigres)

 

O que são (definição) e quais são

 

O termo “novos tigres asiáticos” surgiu na década de 1990, para fazer referência a alguns países asiáticos (Malásia, Tailândia, Indonésia e Filipinas) que apresentavam características econômicas e de desenvolvimento social semelhantes aos “velhos” tigres asiáticos (Coreia do Sul, Taiwan, China, Hong Kong e Cingapura). Embora tenham passado por forte crise econômica e recessão em 1997, estes países se recuperaram e apresentam, atualmente, bons desempenhos na área econômica.

 

Principais características

 

- Crescimento econômico elevado nos últimos anos.

 

- Destaque para o crescimento industrial e tecnológico.

 

- Produção voltada para a exportação. Estes países são importantes exportadores, principalmente de produtos tecnológicos e manufaturados.

 

- Instalação, principalmente a partir do final da década de 1990, de unidades de produção (filiais) de grandes multinacionais, que buscam mao de obra barata e qualificada nestes países.

 

- Investimentos nas áreas de educação e formação de mão-de-obra qualificada.

 

- São países pequenos (em termos de extensão territorial).

 

- Passam por um processo acelerado de urbanização.

 

- Forte presença de instituições financeiras nacionais e internacionais, principalmente nas capitais destes países.

 

Economia dos Novos Tigres Asiáticos:

 

Malásia

 

Principais atividades econômicas: indústria (eletroeletrônica, petroquímica, automobilística e química), mineração, pecuária, agricultura e pesca.

PIB: US$ 380,2 bilhões (estimativa 2018)

Crescimento do PIB: 5,4% (em 2017)

Exportações: US$ 250,1 bilhões (estimativa 2018)

Importações: US$ 220,3 bilhões (estimativa 2018)

 

Filipinas


Principais atividades econômicas: mineração, indústria (elétrica, química, petroquímica, têxtil e metalúrgica), agricultura e pecuária.

PIB: US$ 300 bilhões (estimativa 2018)

Crescimento do PIB: 6,6% (em 2017)

Exportações: US$ 62,1 bilhões (estimativa 2018)

Importações: US$ 70,5 bilhões (estimativa 2018)

 

Tailândia


Principais atividades econômicas: indústria (têxtil, eletroeletrônica e vestuário), mineração, agricultura, pesca e pecuária.

PIB: US$ 387,2 bilhões (estimativa 2018)

Crescimento do PIB: 3,7% (em 2017)

Exportações: US$ 270,5 bilhões (estimativa 2018)

Importações: US$ 280,2 bilhões (estimativa 2018)

 

Indonésia

 

Principais atividades econômicas: indústria (têxtil, refino de petróleo, transportes e tabaco), mineração, agricultura e pesca.

PIB: US$ 868,3 bilhões (estimativa 2018)

Crescimento do PIB: 5,2% (em 2017)

Exportações: US$ 200,1 bilhões (estimativa 2018)

Importações: US$ 202,3 bilhões (estimativa 2018)