Plano Cruzado

O Plano Cruzado foi um plano econômico de combate a inflação lançado no Brasil em 1986.

Plano Cruzado: substituição da moeda Cruzeiro pelo Cruzado (acima, foto de mil cruzados)
Plano Cruzado: substituição da moeda Cruzeiro pelo Cruzado (acima, foto de mil cruzados)

 

O que foi (definição) e objetivo

 

O Plano Cruzado foi um plano econômico lançado em 28 de fevereiro de 1986, durante o governo de José Sarney. Tinha como principal objetivo a redução e controle da inflação, que na época era muito elevada.

 

Principais medidas econômicas do Plano Cruzado 

 

- Criação de uma nova moeda, o Cruzado (Cz$), em substituição ao cruzeiro. Cada Cruzado tinha o valor de 1.000 Cruzeiros.

 

- Congelamento dos preços de produtos e salários por um ano



Principais efeitos na economia:

 

- Nos primeiros meses houve o controle inflacionário com o congelamento de preços;

 

- Após alguns meses, começou a faltar mercadorias nos supermercados. Como não podiam reajustar os preços, muitos empresários e fazendeiros resolveram não colocar seus produtos a venda. O resultado foi o desabastecimento no país.

 

- No final de 1986, o Plano Cruzado deixou de funcionar e a inflação voltou a crescer.

 

Foto do ministro da economia Dilson Funaro

Dilson Funaro: ministro da Fazenda do governo Sarney e idealizador do Plano Cruzado.

 

 

Você sabia?

 

No lançamento do Plano Cruzado, o governo estimulou os consumidores a fiscalizarem os preços congelados no comércio. Os consumidores que atenderam ao chamado foram denominados, popularmente, de "Fiscais do Sarney".

 

 


 

Atualizado em 24/05/2022