Energia Biológica

O que é, tipos, exemplos, vantagens do uso, conceito, resumo, principais fontes de energias biológicas, biomassa, etanol

Biogás: exemplo de fonte de energia biológica
Biogás: exemplo de fonte de energia biológica

 

O que é (conceito)

 

A energia biológica é aquela gerada a partir do uso de fontes biológicas, ou seja, biomassa e microrganismos aperfeiçoados.

 

Existem vários vegetais e microrganismos que podem ser usados como fontes de energia. Ocorre também através da decomposição de matérias orgânicas, realizada por bactérias (caso da geração do biogás).

 

Principais fontes de energias biológicas

 

- Cana-de-açúcar (usada para produzir o álcool combustível, conhecido como etanol).

 

- Óleos vegetais como, por exemplo, os óleos de soja, amendoim, mamona e dendê.

 

- Microrganismos que formam o plâncton marinho como, por exemplo, as algas e animais marinhos microscópicos.

 

- Lixo orgânico e esterco (usados para gerar o biogás).

 

Vantagens das fontes de energia biológica:

 

- Grande parte das fontes de energias biológicas é renovável (não se esgota).

 

- A maioria destas fontes de energia não gera poluição do ar, portanto, são consideradas fontes limpas.

 

- O uso do lixo orgânico para produzir este tipo de energia (biogás) apresenta muitas vantagens. Este lixo é coletado de forma seletiva e tratado, evitando assim que entre em contato com a natureza. Ele também possui a vantagem de gerar empregos e lucro para empresas que trabalham neste processo de geração de energia. Seu uso em larga escala pode diminuir a dependência das fontes de energia não renováveis.