Giovanni Boccaccio

Giovanni Boccaccio foi um escritor medieval italiano do século XIV. Sua principal obra foi Decamerão.

Giovanni Boccaccio: precursor do humanismo na literatura italiana
Giovanni Boccaccio: precursor do humanismo na literatura italiana

 

Quem foi

 

Giovanni Boccaccio foi um importante escritor e poeta italiano do século XIV. Sua principal obra é Decameron, um conjunto de histórias curtas (contos). Boccaccio é considerado, por muitos estudiosos, como um dos precursores do humanismo, que foi de extrema importância no Renascimento Italiano na literatura e também nas artes plásticas. É também considerado uma dos maiores contadores de historias da Europa do século XIV.

 

Boccaccio nasceu na cidade de Certaldo (Itália) em 16 de junho de 1313. Faleceu, aos 61 anos, em sua cidade natal, em 21 de dezembro de 1375.

 

Características principais de seu estilo literário:

 

- Presença de frases mais soltas. Boccaccio escrevia utilizando uma linguagem mais cotidiana, fluída e rica em sua própria dimensão.

 

- O comportamento humano é muito retratado em suas obras. Abordou as virtudes e os vícios da humanidade.

 

- Forte presença do humanismo em suas obras.

 

- Foi um escritor de transição entre a literatura medieval e a renascentista.

 

- Retratou, em seus contos de Decameron, a peste negra, que assolou a Europa, em 1348. Nessa obra, também estão presentes à crítica aos ideais ascéticos da Idade Média.  O erotismo, o anticlericalismo e o egoísmo também são retratados nos cem contos (histórias curtas) de Boccaccio.

 

- Boccaccio buscou dar utilidade prática para suas obras humanistas.


Estátua de Boccaccio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Estátua de Boccaccio em Florença.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Principais obras de Boccaccio:

 

Poesias

 

- Filostrato (1335)

 

- A caça de Diana (1333 - 1334)

 

- A Teseida (1339)

 

Romances

 

- O Filocolo (1336 - 1339)

 

- Decamerão (1349 - 1353)

 

Obras biográficas

 

- Sobre os destinos de homens famosos (1355)

 

- Sobre mulheres famosas (1362)

 

Exemplos de Frases:

 

- "Os ignorantes julgam a interioridade a partir da exterioridade".

 

- "As ligações de amizade são mais fortes que as do sangue da família".

 

- "Fazei o que dizemos e não o que fazemos".


O Decameron, 1837, pintura de Franz Xaver Winterhalter

 

 

 

 

 

 

 

 



O Decamerão (1837), pintura de Franz Xaver Winterhalter, retratando a principal obra de Boccaccio.

 

 

 


 

 

Artigo revisado em: 05/09/2020
___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).