Belle Époque

Resumo sobre a Belle Époque, o que foi, definição, principais características do período, artistas, acontecimentos marcantes e contexto histórico.

Exposição Universal de Paris (1900): importante evento da Belle Époque
Exposição Universal de Paris (1900): importante evento da Belle Époque

 

Definição (o que foi)

 

Expressão francesa que significa “bela época” e corresponde ao período da história entre o final do século XIX (fim da guerra franco-prussiana em 1870) e o início da Primeira Guerra Mundial, em 1914, correspondendo também à era da Terceira República Francesa. Trata-se de um período que testemunha muitos avanços tecnológicos, políticos, sociais, econômicos e, sobretudo, culturais. As duas capitais europeias que melhor ilustram a Belle Époque são Paris e Viena.

 

Principais características e contexto histórico

 

A era deve seu nome a uma burguesia que vive de suas rendas, aprova o progresso e as criações culturais e viaja muito. A República Francesa entra em sua Era de Ouro com a Feira Mundial de 1889, celebrando o centenário da Revolução com a construção da Torre Eiffel, a torre mais alta já construída e obra-prima de Gustave Eiffel. No ano anterior, Louis Pasteur arrecada dinheiro suficiente para fundar o primeiro centro de pesquisa científica do mundo.

 

A economia retoma seu crescimento após o fim de uma longa depressão (1873-1892) e muitos franceses melhoram suas condições de vida. A classe trabalhadora sai da miséria e se beneficia de algumas leis sociais, como o descanso dominical (1907) e as férias (1910), embora ainda suporte duros dias de trabalho por medo do desemprego. Os franceses desfrutam de uma democracia sólida e orgulham-se de ter a única República do continente europeu.

 

A construção, em 1892, em Bruxelas, do Hotel Tassel, obra do arquiteto belga Victor Horta, inaugura a Art Nouveau (expressão francesa que significa “arte nova”): uso de vidro, aço e materiais coloridos, volutas e linhas curvas e decoração vegetal. Um pouco mais tarde, em 1894, esse movimento chega à pintura através do artista tcheco Alfons Mucha, estabelecido em Paris. A Art Nouveau se espalhará então rapidamente por toda a Europa. Além de Mucha, muitos artistas e escritores como Hector Guimard, Louis Majorelle, Antonio Gaudi, Gustav Klimt, Toulouse-Lautrec e Oscar Wilde aderem a ele.

 

Acontecimentos marcantes do período:

 

- Invenção do cinema pelos irmãos Lumière (1895).

 

- Primeiros jogos olímpicos da era moderna (Atenas, 1896).

 

- Construção da primeira linha de metrô em Paris (1900).

 

- Realização do primeiro Tour de France de ciclismo (1903).

 

- Pierre e Marie Curie compartilham com Henri Becquerel o Prêmio Nobel de Física pela descoberta da radioatividade (1903).

 

- Albert Einstein publica a Teoria da Relatividade (1905).

 

- Marcel Proust publica o primeiro volume da obra Em Busca do Tempo Perdido (1913).


La Plume, cartaz-calendário feito por Afons Mucha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


La Plume, calendário do zodíaco feito pelo artista Alfons Mucha.

 

 

Fontes:


https://pt.wikipedia.org/wiki/Belle_%C3%89poque

 

https://www.infopedia.pt/$belle-epoque

 

http://www.eurochannel.com/pt/
A-Belle-Epoque-quando-a-Franca-e-a-Europa-Floresceram.html